TMJ#53 - Tem gato no meu café: palpites. ~ TMJ do meu jeitoTMJ do Meu Jeito

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

TMJ#53 - Tem gato no meu café: palpites.


É isso aí, saiu a capa da Ed. 53 e agora está na hora dos meus chutes. Bom... Diferente da ed. 52, confesso que também não tenho muitos palpites para essa história. E nem expectativas também, o que vai ser um problema. Acho que antes de ler essa edição, vou precisar de um ataque de amnésia e esquecer tudo o que li na Ed. 51 e 52. Do contrário, vou ficar comparando as histórias e isso não será bom.

Parece que Magali vai abrir um negocio que mistura gatos e café. É bem a cara dela, não nego. Vai misturar as duas coisas que ela mais gosta: gatos e comida. E parece que ela vai contar com a ajuda das amigas e até do DC. Mas confesso que a minha mente chata e excessivamente lógica ficou cheia de perguntas.

A primeira delas é: onde ela vai conseguir o capital para iniciar o negócio? A cafeteria não vai surgir misteriosamente do nada, né? De algum lugar ela vai ter que tirar o material necessário para começar o negócio. Sem falar da documentação, burocracia e todo o trabalho que é para abrir uma empresa aqui no Brasil.

Equilibrar receitas e despesas não é mole não! Ela vai ter que pagar conta de água, luz, telefone, gás, impostos, comida, bebida, funcionários (com direitos trabalhistas e tudo), mais impostos, fornecedores, material de limpeza, uniforme, alimentação dos gatos, mais impostos ainda... E ainda pode ter o aluguel do estabelecimento. Além do mais, eu nem sei se aqui no Brasil a vigilância sanitária permitiria esse tipo de negócio. Gatos fazem caquinha, soltam pelos, etc. Por mais que eles sejam limpos e bem cuidados, a Magali teria que ter um cuidado redobrado para que os clientes não encontrem pelo de gato na comida. Afinal, a expressão “tem gato no meu café” não precisa ser levada ao pé da letra, né?

Ainda bem que é uma história em quadrinhos e por isso não precisa seguir qualquer lógica! Quem dera o mundo real fosse a mesma coisa...

Mesmo assim aposto que vai ter muita confusão e a gente poderá dar umas boas risadas enquanto ela tenta equilibrar as duas coisas. Ainda bem que as amigas vão ajudar e eu fiquei bem curiosa para saber como o DC vai contribuir com o negócio dela com aquele ornitorrinco na mão.

Aliás, vocês sabiam que no Japão já existem cafés que tem gatos? Eles chamam de “Cat Cafés” e são bem populares. Acontece que lá está cada vez mais difícil as pessoas terem bichos de estimação porque o custo de vida é muito alto, as jornadas de trabalho são longas e os apartamentos são umas caixinhas de fósforos e geralmente proíbem ter animais. Só que esses cafés não são muito voltados para comida e bebida, eles cobram para os clientes acariciarem os gatos por uma hora. Alguns também têm TV, internet e vídeo-game. 

Imagino que o da Magali vai ser diferente desses porque ela irá servir comida enquanto os clientes afagam os gatinhos. Vamos ver se vai funcionar, né...

Eu gostei da capa, ficou alegre e colorida. Mas estou estranhando um pouco o jeito que a Mônica está abraçando o gato. Sei lá, o abraço parece apertado demais para ter um gato no colo dela. E eu achei que os olhos do DC fossem pretos e na imagem estão castanhos. Os uniformes ficaram bonitos e lembram um pouquinho aquela roupa que a Mônica usa na capa da Ed. 21 (no país das maravilhas).

No mais, parece que vamos ter uma história leve e divertida e acho que estamos precisando disso para descansar um pouco do dramalhão de novela mexicana que está virando o relacionamento da Mônica e do Cebola. Tomara que não façam histórias focadas nesses dois tão cedo. As Ed. 51 e 52 foram maravilhosas, mas eu enjoei um pouco deles.


10 comentários:

  1. Mallagueta, você tem razão, por algum motivo eu acho que essa história vai ser chata, sei lá, acho que vai ser parecida com a Edição. 21.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, depois de ler as ed. 51 e 52, acho que a gente acabou ficando mais exigente com as histórias. Mas vamos dar uma chance. Já aconteceu de eu não esperar nada de uma história e no fim acabar gostando.

      Excluir
  2. Concordo (em partes) com voce!E o negocio da Mo e do Ce...Acho que eles podiam...sei la ...tipo:botar o DC com a Monica.Acho que a historia ia ficar mais interesante, e o Cebola ia fazer de tudo p/ reconquistar a Monica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, neimmmm! Cebola e Mônica não! Foi mal, mas eu enjoei um pouco desses dois.

      Excluir
  3. Aquilo que o DC tá segurando é um ornitorrinco? 0.o
    Ahh, bem, não acho que essa história vá ser emocionante. É provavelmente mais uma daquelas "light".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois dos piripaques que a gente teve com a ed. 52, acho que estamos precisando de uma historia mais leve pra descontrair.

      Excluir
  4. Sobre esta história não tenho muito palpites..e os seus foram bons mallagueta quando eu vi o DC ali do nada eu pensei : que retardado,oque este muleque ta fazendo ai? u.u não gostei !

    Vou dar uma chance pra maga afinal ela é minha preferida :3 só não sei se esta história vai ser tão boa mais..não vou julgar.

    ResponderExcluir
  5. Não vou dar Spoiler, mas não espere muito dessa edição. Está bem fraca mesmo. É... Decepcionante.

    ResponderExcluir
  6. Eu Comprei a Edição,é bem legal!
    E lá no Japão,não se chama Cat Café,e sim Neko Café.
    Entrão no meu blog,dá p/ ler a revista online.
    http://rabiscos-e.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir