sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Denise Lolita - Desenhos e linhas

10:35 3 Comentários


Adicionadas imagens da Denise feitas usando o desenho que já tinha na Ed. 34, segunda parte da história do caderno do riso. Eu fiz os desenhos já coloridos e também as linhas para quem quiser colorir do seu jeito. Está tudo em .png. Quem for usar, não esqueça dos créditos. Não pelo desenho em si, que nem é de minha propriedade e sim da MSP. É pelo trabalho que eu tive em fazer as linhas e colorir. 


Eu fiz duas versões do desenho da Denise. Uma mais gótica e outra mais patricinha. Aí vai depender da preferência de cada um. Quem não gostar de nenhuma, pode usar as linhas para colorir do seu jeito.
 









 
 

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

TMJ #50 - O casamento do Século: Impressões iniciais

22:07 7 Comentários
Sobre essa edição eu já tinha escrito muita coisa. Quem quiser ler, pode conferir aqui: TMJ #50 - Será que agora vai? Aqui eu vou só acrescentar mais algumas observações:




Bom, já saiu a capa da TMJ 50 e bem... er... tipo assim... sei lá... quer dizer, a Mônica tá linda, isso eu nem vou discutir. Mas o Cebola... blargh! E eu não estou falando isso só porque tenho antipatia dele não. O cara tá feio mesmo, principalmente com aquele cabelo espetado ridículo. Coisa mais esquisita, eu heim! Num adolescente ainda vá lá, mas num marmanjo que deve ter mais de 25 no lombo?

Como eu pensei, a história vai mesmo se passar no futuro, com eles já crescidos. Assim faz mais sentido. Pelo menos uma pergunta já foi respondida, faltam só outras trocentas... eu ainda estou curiosa para saber como eles irão mostrar esse futuro.

Será mesmo algo totalmente passado no futuro, muitos anos depois? Ou será algo que a turma adolescente irá ver de alguma forma (seja com alguma invenção do Franja ou uma visita a madame Creusodete...). A história será somente com a turma adulta ou terá uma parte com a turma adolescente?

Eu imagino que essa edição será tipo “deslocada”, não acompanhando a linha temporal das outras edições. Deve ser algo para a gente dar uma olhada no futuro, ficar tranqüilo sabendo que um dia eles vão casar e continuar aguardando pacientemente que o bundão do Cebola deixe suas neuras de lado e peça a Mônica em namoro. Acho que depois dessa edição, eles vão poder enrolar por mais uns seis meses sem que todo mundo fique de saco cheio.

Ainda assim estou estranhando bastante esse casamento sendo que eles ainda nem reataram o namoro. Quer dizer, se eles vão casar, é porque reataram o namoro em algum ponto. E se reataram o namoro, é porque o Cebola resolveu seus “pobremas” emocionais, largou as neuras de lado e superou o passado. Será que ele procurou um terapeuta ou apenas tomou vergonha na cara? Ou será que ele finalmente derrotou a Mônica? Eu gostaria de saber se eles vão mostrar esses detalhes ou se vão deixar o mistério no ar.

Na Ed. 48, eles falaram que no futuro o Cebola será um grande milionário dono da Bulbus Tech e fico pensando se eles irão mostrar ao menos uma parte desse futuro nessa edição, com ele já dono dessa empresa ou pelo menos iniciando o negócio com os nanitas. Ou será que aquele futuro se deu apenas em uma dimensão alternativa? É algo para se pensar. Será que ele realmente esqueceu da sua viagem ao futuro ou se lembrou de alguma coisa? Na historia Monique falou que Cebola ficou ambicioso demais e acabou perdendo a Mônica. Se agora eles vão casar, é porque algo fez com que ele mudasse.

Estou mencionando a Ed. 48 porque está parecendo que as duas estão meio que ligadas, sei lá. Ambas se passam no futuro, embora em épocas diferentes. Uma mostra um futuro pós-apocalíptico onde o Cebola endoidou o cabeção por ter perdido a Mônica e criou algo que fugiu do seu controle e dominou o mundo. E agora eles mostrarão um futuro onde os dois se entenderam e agora vão se casar. Se o Cebola vai ficar com a Mônica, então não haverá razões para ele criar aquela inteligência artificial com a personalidade dela já que aquilo foi tipo uma compensação emocional para abrandar a frustração por ter perdido a Mônica verdadeira.

Acho que só lendo para saber, né? E bem, eu duvido muito que essa historia vai ser tranqüila. É bem capaz de rolar alguma confusão para eles. Só resta saber se essa confusão vai rolar antes ou depois do casamento.

O blog http://turmadamonicajovemjsp.blogspot.com.br/2012/09/capa-da-edicao-n50-o-casamento-do-seculo.html publicou além da capa, algo que parece ser uma página da historia onde a Mônica recebe um coração de cristal com um cartão que diz “que seja eterno enquanto dure”. Coisa esquisita, viu... considerando que um coração de cristal pode se quebrar facilmente, confesso que fiquei meio preocupada com essa passagem. Será que esse coração vai acabar se quebrando?

Pelo preview, não foi o Cebola quem deu aquele coração de cristal. Parece que foi um presente de casamento que alguém deu para eles. Quem? Será que foi presente de um amigo ou de alguém que está querendo jogar areia na farofa deles e melar o casamento? Nessa página eles são mostrados com a Mônica já vestida de noiva, então parece que eles receberam o presente depois do casamento. Geralmente, o noivo só vê a noiva quando ela entra na igreja, não é usual ele vê-la antes.

Pode parecer besteira ficar tão encafifada com um simples coraçãozinho de cristal, mas sei lá, né... dizem que o diabo mora nos detalhes. De repente pode ser só cisma mesmo, mas acho que esse coração vai ter alguma função especial na história.

Agora quanto a capa, bem... tirando a cara esquisita do Cebola, o resto ficou realmente lindo. E reparem nos detalhes: ele está usando uma gravata verde, que é tipo a cor dele desde os gibis. O vestido da Mônica é todo branco tirando o detalhe das pedras no colar e na tiara, que parecem ser vermelhas. Como não tem como colocar a cor vermelha no vestido, colocaram nesses pequenos detalhes e ficou bem bom. E a Mônica ficou linda mesmo, eles capricharam no desenho dela. E o corte do cabelo, por coincidência, é quase do mesmo tipo que o meu. No meu, as franjas são mais curtas e eu uso partido ao meio. O penteado, meio despojado, assim com algumas mechas soltas, ficou bem a cara dela e combinou com a tiara e o arranjo de flores e o véu.

O vestido também ficou muito bonito e gostei das flores que foram bordadas nele. Uma pena a edição não ser em cores, acho que a ocasião merece. Se bem que eles podem ter colocado uma parte colorida que nem fizeram na edição do aniversário da Marina, sei lá.

Na quarta capa, onde a Mônica aparece carregando o Cebola, eu reparei nos quadrinhos e vi o Ângelo com óculos escuros, terno e gravata segurando um objeto que não pude identificar. Será que ele vai ser tipo o segurança da festa para que nada dê errado? Ih, só falta aquela bruxa maluca da Viviane resolver aparecer e aprontar alguma coisa com o casal. Não duvido nada.

Agora, eu já li uma frase que é assim: "Se uma coisa acontece uma vez talvez não aconteça novamente.Mas se acontecer uma segunda vez,provavelmente,acontecerá uma  terceira." Isso eu li num dos livros do Paulo Coelho. Eles melaram o fim da Ed. 34, da 46... quer dizer, foram duas vezes. Agora é torcer para que não aconteça uma terceira. Se bem que essa edição não é do dia dos namorados, então pode ser que a “maldição” não se aplique a esse caso.

domingo, 16 de setembro de 2012

Png da Nina e um desenho para colorir

18:47 2 Comentários
Bom, eu estava olhando algumas edições e vi na Ed. 46 aquele desenho da Nina entre bichinhos fofos. Então me deu vontade de refazer as linhas e colorir. O plano inicial era colorir tudo, só que quando eu vi o tamanho da coisa, me bateu uma preguicite aguda que vocês nem queiram saber! Aí eu tive uma idéia: resolvi colorir apenas a Nina e disponibilizar o png. E a paisagem? Fiz outro arquivo somente com as linhas, incluindo a paisagem e vou deixar para quem quiser colorir.

O arquivo com as linhas está em png e só tem uma partezinha colorida, que é uma pulseira que eu não consegui fazer de outro modo. O resto está só as linhas. Eu refiz o desenho mudando alguns detalhes, acrescentando coisas aqui e ali, espero que gostem de colorir.



Talvez vocês se perguntem por que eu não coloquei o jardim exatamente igual. Confesso que não consegui reproduzir as flores porque a qualidade da imagem original não estava muito boa. Nesse caso, eu usei somente o mouse para acrescentar os detalhes, tipo as partes do cachorro e do coelho que faltavam. E desenhar com o mouse é basicamente a mesma coisa que tentar desenhar num papel com um pedaço de carvão.

As flores eu segui o que eles fizeram na revista, coloquei amarelas e cor de rosa. Também tentei imitar o jeito que eles coloriram os cabelos dela, não sei se consegui. Os cabelos dela são meio difíceis. O estilo lembra um pouco os cabelos da Marina, só que parecem ser mais crespos, não sei.

Enquanto coloria a imagem, confesso que tentei imaginar a Mônica usando esse vestido e sei lá, ficou esquisito. Não faz o estilo dela. Futuramente, se me der na telha, talvez eu refaça com o rosto de outra garota da turma, talvez a Magali. O estilo meigo e romântico da roupa combinaria com ela.

Também quero que uma coisa fique bem clara: eu refiz as linhas e colori, mas a imagem ainda continua sendo propriedade da MSP. De forma alguma eu pretendo colocar essa imagem como de minha autoria.
 



PNG da NinaLinhas para colorir


quinta-feira, 13 de setembro de 2012

O Pacto - Estréia hoje!

20:16 0 Comentários
Acabei de publicar o primeiro capítulo da minha nova fanfic O Pacto.

Xaveco, o personagem secundário que está sempre no canto do quadrinho. Não chove, nem molha. Não fede, nem cheira. Sempre subestimado, deixado de lado, nunca levado a sério. Acostumado a perder e a estar sempre atuando nas sombras.

Então tudo mudou e finalmente o personagem mais subestimado da turma está tendo a vida com que sempre sonhou. Ele se tornou o garoto mais popular do colégio e o centro das atenções. Todos querem ser seus amigos e as garotas disputam sua atenção. Tudo parece perfeito.

O que ele ainda não sabe é que existe um preço a ser pago e esse preço pode ser alto demais para ele. Cabe à turma salvá-lo de um final triste e trazer seu amigo de volta. Será que ele vai querer ser salvo?



segunda-feira, 10 de setembro de 2012

domingo, 9 de setembro de 2012

Como transformar seu desenho em capa de livro

21:57 15 Comentários
Transforme suas imagens em livros.

Um efeito interessante que eu tenho usado ultimamente nas minhas fanfics é fazer uma capa tipo um livro. Para isso eu uso uma action do photoshop. A gente só precisa colocar a imagem no lugar certo e a action faz todo o trabalho pesado enquanto a gente só assiste numa boa.

Para quem quiser, pode baixar aqui o arquivo .atn: Action para fazer capa de livro. Esse arquivo deve ser salvo na pasta C:\Arquivos de programas\Adobe\Sua versão do Photoshop\Presets\Actions e para carregar, faça assim: Se a janela das ações não estiver disponível, vá em: Window/Action ( Janela/Ações ) ou tecle ALT+F9.

No canto superior direito tem uma setinha com algumas linhas. Clique nela para abrir o menu de opções. No menu, clique em Load Actions ( Carregar Ação ). Daí você procura a pasta onde salvou as ações. Selecione a ação que quer carregar e clique em Load ( Carregar ). Pronto. 

Aqui vão as imagens mostrando como carregar uma a
ction. Nesse caso, é para o Photoshop CS4. Primeiro, clique no local inticado pelo desenho para mostrar o painel de actions:

Mostrar painel actions



Depois clique numas setinhas que irão mostrar o menu com as opções das actions. O local está marcado com um quadradinho vermelho:

Mostrar opções da Action

Ali clique em load action, ou carregar ação caso o Photoshop seja em português.

Carregar Actions

Uma vez carregada a action, você vai ver que ela tem duas etapas:


Step 1 ou passo 1: é para gerar o template para o livro. Nesse template tem a capa e a espinha do livro. Coloque a imagem na capa, se quiser escreva ou coloque outra imagem na espinha também. O template é delimitado por uma linha e a imagem não pode ultrapassá-la ou vai ficar ruim.

Para selecionar o passo 1, faça como na imagem:

Acionar step 1

Olhando as imagem abaixo, dá para ver onde colocar cada coisa. De um lado tem o template, de outro eu mostro como organizo as imagens. Notem que na espinha do livro, eu coloco um pedacinho da imagem, um aviso dizendo que a capa é fake e outro aviso dizendo que Turma da Mônica Jovem é propriedade da MSP. Quando tudo tiver arrumado, rode o Step 2 ou passo 2 da action e a capa será gerada automaticamente.

Modelo da capa
Elementos inseridos no modelo

É bem simples, o único porém é que o desenho precisa ser grande porque o template é enorme. Pegar imagens pequenas e aumentá-las pode não ficar bom. Fora isso, é tranqüilo e dá para fazer umas capas bem legais.

Aqui tem o resultado final, que é a capa da fanfic do Xaveco que eu finalmente estou conseguindo escrever e devo começar a publicar no fim dessa semana:

Capa 3d da fanfic O pacto

E tem mais uma coisa que eu preciso dizer. Quando for executado o passo 1 e o template para a capa for montado, não deletem nenhuma camada. O que precisar ser acrescentado, coloquem por cima. O pessoal andou falando que a action não funciona, mas quando eu testava aqui em casa ela dava certo. Um dia, não sei porque, deletei uma camada e quando fui rodar, aí sim deu problema. Então deixem como está e coloquem tudo por cima. Aí deve funcionar.

sábado, 8 de setembro de 2012

Um passeio romântico

16:57 4 Comentários
Uma coisa que eu senti falta na história foi o Cascão levar a Cascuda para passear pelas nuvens. Poxa, herói que se preze sempre leva a mocinha para passear, é basicamente um clichê. Só que o coitado não pode nem fazer isso porque os poderes do Feio são tão podres que era capaz de ele acabar cobrindo a coitada com meleca fedorenta.

Então eu resolvi dar um jeito e taí o resultado:
Cascão e Cascuda voando juntos


Aqui também tem o png da imagem para quem quiser colocar esse desenho em algum outro cenário. Podem usar, mas não se esqueçam dos créditos: PNG com Cascão e Cascuda.
A imagem está diferente da que eu postei no Facebook porque eu tinha colocado o brinco do Cascão no lado errado, então tive que inverter para corrigir. E também adicionei as marquinhas no rosto dele.

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

TMJ#49 -O novo Capitão Feio: críticas.

13:06 7 Comentários
O que eu tenho a dizer sobre a Ed. 49? Uma surpresa! Sabe, eu não estava esperando nada dessa história. Estava curiosa, não nego, mas não tinha assim grandes expectativas, sabe? Estava esperando algo morninho, na média. E então fiquei surpresa. Há meses eu não vejo uma história tão boa da TMJ.

Quer dizer, a Ed. 40 foi centrada no Cebola, então para mim não conta. A 41 foi legal, teve um final interessante com o Cascão dando uma solução bem criativa para o seu problema. A 42 foi outro desperdício por ter sido centrada no Cebola. Na 43 e 44 eu gostei do crossover mas não vi nada de extraordinário. A 45 até que foi bem interessante tirando aquela parte ridícula onde a Mônica diz que nunca sofreu bullying. A 46 teve um final ridiculo, a 47 foi assim meio borocochô. A 48 foi mais um desperdício com o Cebola, embora eu tenha gostado bastante de ver ele quebrando um pouco a cara.

Agora, a 49 foi realmente ótima, gostei bastante. Tirando uma coisinha aqui e outra ali, a história ficou excelente. E nunca o titulo fez tanto sentido quanto fez agora. Realmente, tinha surgido um novo Capitão Feio, embora esse não fosse exatamente um vilão.

Primeiro eu fiquei bastante surpresa ao ver que o Capitão Feio tinha voltado ao estilo antigo, que a gente conhece dos gibis. Realmente não esperava por isso. Afinal, ele tinha feito uma reforma geral, deixou o cabelo crescer, passou a andar limpo, mais arrumado e pode-se até dizer que ficou bonito. E várias vezes ele achava ruim de ser chamado como Capitão Feio. Aí ele do nada ele muda e volta ao que era antes.

Para ser sincera, achei essa mudança meio sem sentido, talvez porque não tenham dado nenhuma explicação. E a personalidade dele foi mais acentuada, transformando-o em um vilão realmente perigoso, violento e cruel, capaz até de matar as pessoas. Até seus poderes tinham se tornado mais destrutivos sendo que antes só faziam sujeira. Pelo menos aí ficou mais coerente já que não se trata mais de um gibi para criancinhas e sim algo voltado para o público jovem. Então o vilão tinha que acompanhar um pouco essa mudança.

Antes de ler a historia, eu fiquei me perguntando como o Cascão ia pegar os poderes do Feio e achei bem criativa a idéia de colocar esses poderes tipo como uma entidade pensante, que pode deixar o corpo do hospedeiro de acordo com sua vontade e procurar outro mais compatível.

E aí começam os problemas do Cascão. Quem aí nunca sonhou em ganhar super poderes? O Cascão deve ter sonhado com isso a vida inteira. E quando finalmente seu sonho se realiza, ele percebe que seus poderes são uma porcaria (em todos os sentidos). Meio decepcionante, devo dizer. Mesmo assim ele acredita que pode fazer algo de bom com os poderes sujos do Feio, achando que não importavam os poderes e sim as intenções das pessoas.

Só que com o tempo ele percebe que nem sempre o fim justifica os meios. Por mais que ele quisesse ajudar as pessoas, tudo sempre dava errado por causa da natureza suja daqueles poderes. Afinal, esses poderes não foram feitos com a finalidade de ajudar as pessoas, foram feitos para sujar e destruir. Então como transformar isso em algo bom para todos? É aí que ele percebe que estava mais atrapalhando do que ajudando, mas ainda assim tentou persistir e encontrar uma forma de fazer bom uso desses poderes.

Até que fiquei com pena dele e entendi bem essa persistência. Na Ed. 41 ele era meio subestimado e zoado pelo resto da turma e nessa edição isso ficou um pouco mais evidente. Ele se sentiu diminuído por todo mundo achá-lo um fraco, deve ter se sentido meio inútil, subestimado. E é ruim se sentir assim. Então, quando finalmente consegue poderes sobre-humanos, é de se esperar que ele não abra mão deles assim tão facilmente.

Só mesmo quando ele vê que não dá para fazer nada de bom com esses poderes. Aí ele os renuncia porque não quer perder os amigos. Às vezes é preciso mais força e coragem para desistir de algo do que para insistir.

Outra coisa que eu achei interessante foram as atitudes da Cascuda, voltando-se inclusive contra os amigos do Cascão achando que o estava protegendo. No inicio eu achei a atitude dela uma grosseria, principalmente pelo jeito que ela tinha falado com a Magali, culpando-a pelos ferimentos do Cascão. 

A meu ver, ninguém teve culpa. O Feio atacou porque quis, porque é ruim mesmo. Ninguém o provocou, ninguém foi atrás dele para lutar. E se o Cascão quis salvar a Magali, foi porque ele tinha mais chances do que ela. A Magali também não tinha pedido nada. Por isso eu achei a atitude da Cascuda muito grosseira e que foi bem feito o Cascão ter dado um passa fora nela.

Mas pensando com mais calma, essa atitude dela até que foi interessante porque mostrou um pouco mais da sua personalidade e sua tendência a superproteger o namorado, agindo como se ele fosse uma criancinha indefesa e que tudo de ruim que lhe acontecia era culpa dos amigos, como se eles fossem um entrave ao crescimento dele.

É algo que seria bom se fosse mais desenvolvido no futuro: a Cascuda se voltando contra os amigos do Cascão, tentando afastá-lo deles por achar que eles são má influencia para o seu namorado. É uma personagem que seria legal explorar um pouco mais.

O Feio se disfarçando de Kid Clean não foi uma surpresa porque eu já tinha imaginado essa possibilidade. Surpresa foi ele ter conseguido se tornar um herói admirado por todos, capaz de ajudar as pessoas e fazer tudo sem poderes, contando apenas com inteligência e habilidade. Uma pena ele ter escolhido continuar no lado negro da força. Potencial para fazer coisas boas ele tem, mas pelo visto ele escolhe usar suas habilidades para ferir e prejudicar as pessoas.

Tanto que ele nem se sensibilizou pelo que a Cascuda tinha lhe falado. Se bem que vilão que é vilão não se sensibiliza com nada. ele escolhe ser ruim e pronto. Claro que na realidade nem sempre é assim, mas em gibis...

E falando em gibis, parece que eles ainda continuam com essa mania de ficar lembrando o tempo inteiro que aquilo é uma história. Meio chato isso.

O que mais? Hum... quem conhece os filmes do homem aranha deve ter percebido que a frase “com grandes poderes vem grandes responsabilidades” foi parafraseada em “Com grandes poderes vem grandes deveres”.

Como eu também já imaginava, ele não perdeu a chance de se exibir um pouco, se aproveitando dos seus poderes. Só que os amigos não gostaram nadinha. Até achei irada a cara de raiva que ele fez quando Jeremias perguntou “Que tipo de herói faz da cidade esgoto?”

Pois é, nada fácil. E o final foi bem fofo e romântico, com os dois se beijando. Não me lembro de ter visto rolar nenhum beijo entre eles. Quer dizer, rolou beijo entre Mônica e Cebola, Franja e Marina, Magali e Quim... mas entre Cascão e Cascuda ainda não tinha rolado nada. Demorou, heim? Pelo menos ele valorizou um pouco a namorada, sabendo que mesmo com todos os defeitos ela o amava.

E o Capitão Feio? Bem, ao que parece ele se tornou o Jason da TMJ. Não importa o que aconteça, ele sempre irá voltar. Enquanto ele não volta, eu fiz esse desenho dele. Eu li a história e deu essa inspiração. Tem outro do Cascão e Cascuda a caminho, só que vai levar um tempo. 

O novo capitão feio



quarta-feira, 5 de setembro de 2012

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Fazendo linhas no Photoshop

11:54 6 Comentários
Eu fiz um tutorial em pdf mostrando como eu faço as linhas no Photoshop. O tuto ficou meio grande, por isso achei que se colocasse no blog ia ficar dificil e meio pesado para carregar, então fiz o pdf.

Para seguir esse tutorial, é preciso alguma prática com a pen tool. Quem ainda não sabe mexer direito, pode aprender aqui: Como usar a pen tool ou a ferramenta caneta e aqui: Domine a pen tool e faça curvas elaboradas é um bom começo. Quando tiver mais prática com essa ferramenta, terá condições de seguir o tutorial. Tentei fazer tudo bem explicado e com bastante palavras. Espero que dê para entender direito.

O pdf pode ser baixado aqui: Fazendo linhas com o Photoshop

Monica charmosa - Linhas







sábado, 1 de setembro de 2012

PNG da Mônica

20:00 0 Comentários
Bom, algumas pessoas me pedem os png's dos desenhos que eu faço, então aos poucos vou disponibilizando as imagens com fundo transparente, assim quem quiser pode ir usando em suas montagens. Só não esqueçam de dar os devidos créditos.


Eu posso até ter pego a imagem do mangá, mas tive trabalho para refazer as linhas, completar com as pernas, adicionar acessórios e colorir. Então algum crédito eu tenho, né?


E se possivel, postem os links do trabalho no comentário que é para eu ver o que cada um fez.

Para pegar o arquivo .png da imagem, clicar aqui.



Monica charmosa




Um resumo de como faço meus desenhos.

17:17 1 Comentários
Já me pediram para ensinar como eu coloro meus desenhos. Confesso que é meio complicado porque é mais prática, algo que fui aprendendo na tentativa e erro. Acho que não tem uma técnica assim específica, mas vou tentar mostrar como eu faço para ver se ajuda.

Primeiro eu vou postar um wip de um desenho da Mônica que eu fiz esses dias. Na verdade, esse desenho foi tirado da Ed. 34, pag. 24. É aquela parte onde o Cascão fala o para Cebola que a Mônica ficou uma coisinha linda. Eu refiz, acrescentei pernas e coloquei alguns detalhes do meu jeito.

Wip significa work in progress (trabalho em progresso). Em desenho, é quando a gente mostra as etapas do trabalho, desde o rascunho até o desenho completo.

Aqui está o wip completo:

Progresso do desenho da Monica


1 – São as linhas. Primeiro eu faço as linhas no photoshop usando a ferramenta pen tool e o recurso “stroke path”. Para isso precisa de prática porque tem que alterar a espessura do brush e em determinados momentos tem que selecionar “simulate preassure”. Vou ver se consigo ensinar isso mais tarde. Ah, e quando é o cabelo da Mônica ou da Magali, eu não faço linhas. Coloco a cor direto e depois adiciono as luzes.

Quando eu desenho no papel, tiro uma foto e depois de várias tentativas, pego a que ficou melhor, copio para o computador e vou fazendo as linhas por cima. Agora, quem tem scanner já fica mais fácil.

As linhas são transparentes e ficam numa camada acima de todas. As cores eu vou colocando por baixo. Aliás, eu divido tudo em camadas no photoshop. Se por acaso eu errar em alguma coisa, fica mais fácil corrigir o erro sem atrapalhar as outras camadas.

2 – São as cores lisas, sem sombreamento e sem luz. Somente as cores. Para a pele, eu uso esse tom:

Cor da Pele

As roupas podem ser coloridas com cores lisas ou com estampas. Para fazer as estampas, eu usei um pattern do photoshop. Dá para achar um monte deles na internet. Os cabelos da Mônica são de um marrom quase preto, bem escuro mesmo. Os detalhes são adicionados mais tarde.

3 – Primeiro eu acrescento as sombras da pele. Para isso, eu faço o seguinte: sobre a camada da pele (para cada item eu crio uma camada em separado. Tem camada para a pele, para a blusa, para a saia...) eu crio uma “adjustment layer” e escolho “brightness/contrast”. Em brightness, eu coloco cerca de -33. Aí eu faço as sombras e depois uso a ferramenta blur para dar aquele efeito degradê. Eu já tentei fazer a sombra da pele com cores lisas, tipo anime, mas nunca fica bom. Então prefiro fazer desse jeito.

Nesse caso, eu uso duas ou três “adjustment layers”, uma sobre a outra. Depende da necessidade do desenho. A cada camada que vai acrescentando, vai tornando a sombra mais escura. Primeiro eu faço uma área maior com a primeira camada. Depois, sobre essa camada, eu faço outra área menor e assim até ficar bom. Na maioria das vezes, duas camadas é suficiente.

4 – Aqui eu acrescento as sombras nas roupas. Para isso eu uso o mesmo esquema: new adjustment layer -> brightness/contrast e escolho algo entre -40 e -50. Aí depende do que ficar melhor. Uma pequena observação: para o branco, o melhor é usar new adjustment layer -> hue/saturation e diminuir a luminosidade. Pega melhor.

Depois eu explico melhor como eu faço as sombras e talvez até coloque imagens para mostrar o passo a passo.

5 – Eu acrescento as luzes. Aqui é a mesma coisa da etapa 4, só que é aumentando a luminosidade ao invés de diminuir. Depois eu explico como faço as luzes também.

6 – Agora eu coloro os cabelos da Mônica. Para falar a verdade, os cabelos dela são meio chatinhos para colorir porque tem que separar em mechas e colocar o brilho em cada uma delas. Aposto que os desenhistas da MSP devem ter tido trabalho na hora de definir como seria o cabelo da Mônica, porque o desenho mudou muito desde a primeira edição das revistas. Antes era meio “cabelo de banana” e agora é mais natural e com uma franja meio repicada. É tipo um channel mais despojado.

7 – Essa é a figura final, onde eu acrescento os toques finais. Na pele, eu uso a dodge tool para colocar tons mais claros em alguns lugares. E um pouco a burn tool em algumas partes da pele e da roupa, para dar uma sensação maior de profundidade. Aqui eu também faço o brilho dos lábios e melhoro a cor dos cabelos, dando um pouco mais de brilho.

Claro que isso não é um tutorial completo, né? É só um resumo mesmo. mais tarde, se der, vou tentar colocar algo mais detalhado.