Próximo cavalo ~ TMJ do meu jeitoTMJ do Meu Jeito

domingo, 27 de março de 2016

Próximo cavalo


Um comentário bem interessante do leitor Arthur Hitchcock que merece ser destacado:


No início eu não tinha reparado muito nisso porque a Berenice não tinha assim nenhuma ligação com o Cebola da mesma forma que Penha teria com a Mônica e o Feio com o Cascão, por isso acabei não captando o padrão da coisa.

Mas a ligação que a Berenice poderia ter com ele é exatamente sua capacidade de manipular as pessoas, afinal ela foi capaz até de manipular a Creuzodete para que elas voltassem a Sococó da Ema.

Além do mais, toda vez que um cavalo apareceu, a história era centrada em um personagem diferente. Primeiro com a Mônica, depois o Cebola e agora o Cascão. Então o próximo tem a ver com a Magali. E pensando bem, não tem nada a ver achar ela é o cavalo da fome porque seria a mesma coisa que dizer que o cavalo da peste é o Cascão, o que não aconteceu. Se bem que nas histórias do Emerson a gente pode esperar tudo, né?

Mas uma coisa que me intriga é que a Berenice é mesmo um ponto fora da curva porque ela não apareceu de forma atuante em histórias dos gibis pelo que me lembro. Só numa história ela distribuía maçãs do amor e nada mais. Tipo assim, a Penha apareceu mais de uma vez, o Capitão Feio centenas de vezes, mas a Berenice foi uma só se não me engano. E não tinha assim uma ligação real com o Cebola, apenas pontos em comum.

No entanto, se formos olhar pela maioria, então pode ser que o cavalo da fome seja sim algum vilão das histórias da Magali. Uma outra coisa é que até agora dois cavalos eram mulheres (Berenice/Menina do Lago e Penha) e um homem, que é o Capitão Feio. Pode ser que o Emerson tenha planejado tipo um equilíbrio de gêneros nos quatro cavalos, daí o próximo pode ser homem.

O chato é que não me lembro de nenhum vilão assim memorável nas histórias da Magali. Acho que a única vilã mesmo é a Viviane, maior aposta dos leitores para cavalo da fome. Ela sempre teve a ganância de conseguir todo o poder da lua e dominar o mundo.

No caso do Feio, o Emerson usou decadência ao invés de peste para dar um sentido mais amplo porque peste é peste, algo mais específico. Sabemos que é doença e tudo que esteja relacionado. Mas decadência é mais genérico porque pode ser doença, podridão, coisas envelhecendo e desgastando, tudo caindo, etc. Então pode ser que o próximo cavalo siga o mesmo padrão. Ao invés de ser só cavalo da fome, pode ser cavalo da ganância, ambição, avidez, cobiça, etc. Ou seja: alguém muito ganancioso e ávido para conseguir ou conquistar alguma coisa, sempre mais e mais.

Cada cavalo tinha um objetivo. A Penha tinha declarado guerra a Mônica e queria destruí-la. Berenice queria matar geral, o Feio queria dominar o mundo com insetos trazer podridão, decadência, etc. Então o cavalo da fome também deve ter algum objetivo relacionado com seu título.

Olhando no dicionário de sinônimos, também aparecem palavras como miséria, penúria e escassez. Talvez o cavalo da fome não signifique fome no sentido de querer sempre mais, devorar, ingerir, e similares. Pode significar fome no sentido de falta, miséria, escassez... o próximo cavalo pode ser alguém que queira conquistar tudo para si mesmo que isso custe a miséria das pessoas ao seu redor. Ou alguém que quer deixar todos passando fome e necessidade enquanto desfruta do bom e do melhor, algo assim. Meio estranho e nem sei se tem algo a ver. Sem falar que não me lembro de nenhum vilão da Magali que se encaixe nessa descrição. Acho que nem a Viviane seria assim.

Bem... não adianta especular muito. Para conseguir alguma coisa a gente teria que reunir as histórias do Emerson com a Magali e enumerar os vilões, coisa meio difícil de se fazer. O jeito é sentar e esperar porque agora o cavalo da fome vai demorar bastante. Melhor comer algo enquanto espero.

0 comentários:

Postar um comentário