TMJ#97 - Eterno Despertar: Palpites ~ TMJ do meu jeitoTMJ do Meu Jeito

domingo, 21 de agosto de 2016

TMJ#97 - Eterno Despertar: Palpites



E aí, beleza? Pois é, depois de tantas emoções e rompimentos na ed. 96, está na hora de um pouco de aventura do tipo sci-fi com o Cebola deixando de... absurdos dos absurdos... dormir só para conquistar o mundo. Pois é, pessoal, o carequinha endoidou de vez.

Quer dizer, sono é vida, caramba! Quem em sã consciência ia deixar de dormir? Se pensarmos bem, a maioria das coisas boas da vida se encaixam em pelo menos uma dessas descrições:

1 – é imoral
2 – engorda
3 – faz mal
4 – custa dinheiro.

O sono é uma das poucas coisas que não se encaixam em nenhum desses itens e o Cebola quer abrir mão dele? Meldels!

Tá, brincadeiras a parte, acho que a história vai ser basicamente ele descobrindo que não precisa mais dormir. Então, quais são os planos que um adolescente comum de 15 anos teria para esta noite? O que ele tem feito durante toda sua vida: tentar conquistar o mundo.

A forma como ele vai driblar o sono deve ser encontrando algum artefato que lhe dá o poder de ficar acordado. Pode ser o bracelete que ele tem no braço e parece ter a forma de uma ampulheta. Eu tentei pesquisar por aquela imagem para ver se existia mesmo e acabei encontrando duas páginas sobre a função do rim. Se alguém aí souber o que é isso, pode falar nos comentários.  Mas deve ser isso que tira dele a necessidade de sono e descanso.

Bom, são pelo menos oito horas a mais que ele vai ganhar. Oito horas a mais de tempo livre que ele pode gastar como quiser. Qualquer um gastaria essas horas a mais jogando ou vendo todo tipo de “indecência” pela net afora, mas parece que ele prefere dominar o mundo mesmo. Só me resta saber como ele vai fazer isso.

Quer dizer, será que vai gastar essas horas elaborando planos ou já tem algo em mente que pretende executar todas as noites? Ou será que ele vai apenas estudar, se preparar e adquirir habilidades necessárias para ser um líder mundial e no futuro destruir a humanidade com seus nanitas zumbificadores?

A segunda e terceira capa o mostram vestindo algum tipo de roupa futurista e pode ser essa roupa (não o bracelete) que lhe dá essa capacidade de ficar acordado. Talvez a máscara afete as ondas do cérebro dele ou qualquer coisa parecida para que ele não precise dormir. Onde ele arrumou isso? Se foi no laboratório do Franja, ele vai se lascar bonito. Será que ele achou por aí? Comprou na internet? Alguém deu para ele? Mistério! Será que ele vai ter acesso a outro tipo de tecnologia ou só a roupa?

Mas como nem tudo na vida dele é simples, parece que ele vai ser perseguido por alguém que quer a roupa de volta ou roubá-la para usar em planos malignos. Quem viu a segunda capa deve ter reparado que ele está sendo perseguido pelo robô ninja malucão da ed. 77. Na verdade era o animatrônico inventado pelo Franja para promover um game. Por que será que ele agora está perseguindo o Cebola? Quem o controla? O Franja ou a empresa que criou o recurso para manter todo mundo acordado?

Pode parecer viagem, mas talvez a tal roupa tenha sido criado pela empresa para que todo mundo pudesse ficar acordado jogando seus games sem prejudicar a saúde. Afinal, mais horas jogando significam mais lucros para a empresa. É capaz que o próprio Franja tenha inventado esse traje e depois tenha se arrependido ao descobrir seu verdadeiro objetivo. Só falta saber como foi parar na mão do Cebola. Ele pediu para que o amigo escondesse ou tentou esconder em algum lugar e o Cebola acabou encontrando?

Bom, eu elaborei essa teoria com base na ed. 77 onde o robô era para promover um game, mas também existe uma chance de esse traje ter sido criado para fins militares. Com um traje desses, os soldados não iam precisar dormir durante uma guerra.

E eu aposto que essa invenção (ou capacidade de não precisar dormir) deve ter algum defeito ou problema. Pode ser que a longo prazo isso faça mal ou afete o cérebro da pessoa de alguma forma. Só sei que no fim o Cebola vai abrir mão disso e voltar a dormir (que é muito melhor).

Todos devem estar se perguntando... e a Mônica? será que vai aparecer? Vai ter romance? Ela vai voltar correndo para os braços dele? Calma, gente, calma. Para começar, a história nem é da Petra, então não vai ter reconciliação entre eles. Talvez mal se falem, já que a história é de aventura e sci-fi e é centrada no Cebola. No máximo, ele deve arrastar o pobre do Cascão nas suas maluquices e só.

“Ain, mas a Mônica tá aparecendo na capa!”

Eu li em algum lugar que as edições com a Mônica na capa vendem mais, só isso. Então eu não espero assim grande participação da parte dela. Mas posso estar errada e ela participar bastante, talvez fazendo com que o Cebola veja como é absurdo se privar de sono ou para lhe mostrar que a roupa pode ser perigosa.

Já pensaram se ele briga com ela, esperneia e no fim descobre que estava mesmo errado e vai todo mansinho pedir desculpas? Hum... não. Prefiro que não tenha isso. Cansei do drama desses dois. Mas imagino que vocês devem ter a esperança de que eles dêem mais um passinho para fazer as pazes, né? Sim, Cebonicos, confessem! Eu aposto que vocês fizeram dancinha da vitória quando DC e Mônica terminaram e devem estar comemorando até gora! 

Claro que não posso deixar de falar da capa, não é mesmo? Eu gostei bastante. Ação, movimento e simbolismos. A ampulheta mostra o passar do tempo, sol e lua como domínio do dia e da noite e aqueles raios e os traços que parecem vento ao redor do Cebola ficaram muito legais.

Só achei a roupa dele muito Ben 10, não deu para evitar a comparação, mas ainda assim gostei. O bracelete dele parece uma ampulheta, mas também me lembrou o omnitrix. Se repararem bem, parece que tem uns detalhes nesse bracelete, como se fosse algum componente eletrônico ou coisa parecida. O Ben acionava o omnitrix para se transformar em aliens diferentes. Pode ser que essa idéia tenha sido aproveitada na história e aquele traje estranho do Cebola saia desse bracelete. Aliás, eu também usei esse conceito em uma das minhas fanfics, Universo em Desequilíbrio.

Eu gostei do rosto dele embora algumas pessoas tenham achado que seus olhos ficaram um tanto puxados. Para mim ficou bom assim como outros detalhes tipo o laptop e os fones de ouvido, típicos de um rapaz sempre conectado. O visual ficou bom porque apesar de ele ser inteligente, não tem cara de nerd.

A Mônica dormindo lá atrás até que ficou bonita, mas estranhei um pouco ela estar dormindo com roupas diurnas e bijuterias. Bem... acho que foi para deixá-la mais bonita. Afinal, quem vai querer comprar a revista com ela de pijama, descabelada, roncando e com baba escorrendo pela boca?  

Antes que me esqueça, agradeço a Verônica do site TMJ Wallpapers por ter feito o png da capa. Eu nem tive tempo para desenhar nada e o png dela ajudou bastante. 
Bom, esses foram meus palpites. Estou assim meio que com preguiça mental, então não consigo bolar muitas teorias legais hoje. Mas se quiserem mais palpites, podem conferir o vídeo do Canal Opinião Turma da Mônica Jovem:

0 comentários:

Postar um comentário