TMJ#69: A Decisão - Críticas ~ TMJ do meu jeitoTMJ do Meu Jeito

sexta-feira, 16 de maio de 2014

TMJ#69: A Decisão - Críticas


O que falar da ed. 69? Que foi revolucionária? Que abalou as estruturas da TMJ? Que deixou as ceboletes injuriadas porque elas preferem ver a Mônica sofrendo ao lado do Cebola do que feliz com outro rapaz (ou mesmo sozinha)? Pois é. Acho que poucas edições foram tão esperadas e polêmicas quanto essa.

Nunca a guerra entre #teamdc e #teamcebola foi tão acirrada. Eu, como falei várias vezes, não torço para nenhum dos dois porque sei que é perda de tempo. Ela vai ficar com o Cebola no fim das contas, então vou torcer para quê?

A história começa com um pequeno flashback relembrando os últimos momentos da Ed. 68 e o Cebola dando um chiliquinho por causa do beijo. Vocês sabem, toda aquela pose de corno traído e injustiçado.

Não sei se alguém aí já ouviu falar, mas existe um modelo proposto pela psicóloga suíça Elisabeth Kubler-Ross em 1969 dizendo que pessoas costumam passar por cinco estágios diferentes ao lidar com a perda ou luto.

Na ordem, as fases da perda são: negação, raiva, barganha, depressão e aceitação. Claro que elas não passam por essas fases exatamente da mesma ordem. Pode acontecer de uma vir antes da outra e até de a pessoa não passar por todas elas. Ou então ela passar de uma a outra e depois regredir. Tipo, ela passa pela negação, vai para a raiva, depois volta para a negação... Mas é consenso de que as pessoas passam por pelo menos duas dessas fases.

No caso do Cebola, eu diria que a raiva veio primeiro por causa dos chiliques dele no início da revista, naquela parte em que o Cascão mandou a real rebatendo todos os argumentos dele. Olha... confesso que nessa hora tive até vontade de dar um abraço no Cascão. Mesmo sabendo que tudo aquilo instruído pela Magali, ele soube o que falar no momento certo e sempre teve resposta para tudo o que o Cebola falava.

As ceboletes vão me desculpar, mas quase tudo ali foi a mais pura verdade.

1 – Não houve nenhuma traição por parte da Mônica porque eles não estavam sequer ficando. O próprio Cebola gostava de jogar isso na cara dela.

2 – O tal compromisso de só namorar depois que ela fosse derrotada também foi algo decidido unilateralmente pelo Cebola e eu não me lembro de em momento algum ele ter perguntado a ela se concordava ou não.

E mesmo que ela tivesse aceitado em esperar, ele não cumpriu com sua palavra. Se entre as Ed. 52 e 63 se passaram um ano, então entre a 34 e 69 deve ter se passado um ano e meio, talvez mais. E em 35 edições ele só tentou derrotá-la uma única vez na Ed. 62 e mesmo assim foi só para satisfazer o próprio ego, não para reatar o namoro.

Quer dizer, o que ele fez no sentido de reatar o namoro dos dois? Qual o esforço dele em derrotá-la? Tá, ele andou fazendo algumas coisas boas para ela e tal, mas tentar derrotar mesmo, necas. Se ele não cumpriu com esse compromisso, ela não tinha obrigação nenhuma de continuar esperando.

3 – Sobre a tal obsessão em ser melhor que a Mônica, justiça seja feita: ele já tinha falado na Ed. 34 que não era sua intenção ser melhor que ela e sim estar a sua altura. Pelo menos para mim isso ficou bem claro, ao contrário do que o Cascão falou.

4 – Ele realmente não tinha nenhum direito de achar ruim com ela por ter beijado o DC porque já xavecou várias outras garotas e só não ficou com elas por falta de oportunidade. Se bem que no caso da Amanda, sejamos justos, ele preferiu ir atrás da Mônica.

Sem falar que o Cascão esqueceu de mencionar a Hortência, Xabéu e também a Iara. Se a Hortência fosse de carne e osso, ele teria ficado com ela sem hesitar.

5 – O Cebola estava demorando uma eternidade para derrotar a Mônica. E se levasse anos? Então ela ia ter que ficar sozinha só esperando por ele? E se isso não acontecesse nunca? Já pensou os dois velhinhos num asilo com ela ainda esperando enquanto ele continua enrolando e de quebra xavecando as enfermeiras?

Considerando que a Mônica é impaciente, mandona e gosta de tudo do seu jeito, foi mesmo uma grande façanha ela ter esperado tanto sem tentar encostá-lo na parede.

6 – Ninguém pode culpar a Mônica por eles não terem ficado juntos, porque ela fez de tudo. Deu o primeiro passo, tentou fazer acontecer, ficar bem com o Cebola, ceder, etc. Nada disso funcionou porque para um relacionamento dar certo, é preciso a cooperação de duas pessoas e não tinha comprometimento nenhum por parte dele.

Tudo parecia correr bem, mas foi só o Cascão mencionar a palavra “plano” para tudo desandar. Se bem que eu não culpo o Cebola por ter pensado assim, já que a Mônica tinha mesmo feito isso no passado.

É aí que entramos no próximo estágio, o de negação. Sim, nesse caso, a raiva veio primeiro. Mas como disse antes, nem sempre a seqüência das fases é obedecida. Depois que o Cascão vai embora desanimado ao ver que não tinha conseguido enfiar nada naquela cabeça dura, há um corte para o shopping do Limoeiro, onde Mônica e Magali conversam sobre o que tinha acontecido.

Essa parte deve ter surpreendido muita gente, que esperava que a Magali fosse incentivar a Mônica a ficar com o DC. Só que isso faz muito sentido, embora pareça doideira. É o seguinte: quando uma mulher está num relacionamento doentio e complicado, ela tem certa dificuldade em enxergar o que está acontecendo. Então, quando tentamos abrir seus olhos, ela entra em negação e justifica tudo de ruim que o sujeito faz e ainda inventa trocentas qualidades para ele. No fim terminamos emocionalmente exaustos e ela não mudou nada.

Então nesses momentos o melhor é não discordar e sim dizer para que continue nessa situação. Assim ela enxerga por si só o absurdo que está vivendo. É tipo uma psicologia reversa. E mais uma vez, a Magali também só falou verdades. Doeu, deixou a Mônica p da vida, mas tudo foi mesmo verdade. Não importava quantas cebolices o Cebola fazia, a Mônica sempre perdoava tudo e continuava com ele. Estava na hora de ela enxergar essa realidade se quisesse mudar algo.

Claro que também não podia faltar a atuação da Denise, a rainha das fofoqueiras. Graças a ela, pudemos saber o que os outros estavam pensando. Claro que a opinião da Carmem e do Titi foram um nojo, mas esses dois não contam porque tem a cabeça vazia.

Outra coisa boa foi ela ter esclarecido que não fez aquilo para fazer ciúmes no Cebola, como muita gente achava. Ela fez porque quis mesmo, porque seguiu o coração. A Mônica pode ter muitos defeitos, mas nunca seria capaz de usar alguém dessa forma. 

Eu gostei muito da participação da Denise e a Petra foi bem fiel a personagem. Sempre se achando, sempre confiante e irreverente. E mesmo assim mostrou grande maturidade ao dizer que a felicidade da Mônica era somente dela e que ela só devia satisfações a si mesma e a mais ninguém.

Realmente, no fim das contas nosso dever é para com nós mesmos, não com outras pessoas. Se passarmos a vida sempre preocupados com o que os outros falam ou deixam de falar, vamos viver infelizes, frustrados e doentes. Fica a dica.

Ah, claro, todos deviam estar esperando o DC aparecer, não é? Ele apareceu e não foi sozinho. O Toni também entrou em cena tentando usar psicologia reversa para fazê-lo mudar de idéia e desistir da Mônica.

Agora, eu só não entendo por que ele quer tanto ficar com a Mônica se não gosta do seu jeito de ser. Mas isso acontece na vida real, acreditem ou não. É tipo namorar o Che Guevara e depois querer que ele raspe a barba. Talvez tudo o que o Toni queira seja amansar a Mônica para massagear seu ego, para ter poder sobre ela. Infelizmente tem homem que namora com mulher independente e depois tenta mudá-la de todo jeito.

Mas é engraçado ele realmente achar que pode mudar a Mônica sendo que ela sempre saiu por cima e até lhe deu uns sopapos.

Nessa hora nós também temos uma clara visão de como o DC sente em relação ao jeito dela, pois disse gostar como ela é, diferente do Cebola que só vê defeitos e mais nada. Não, o DC não é cego, burro ou iludido. Ele enxerga sim os defeitos dela e sempre fala quando discorda de algo. Acontece que para ele, as qualidades são mais importantes, entendem? É uma questão de custo-benefício que ele acha valer a pena.

Também tem outra coisa legal que ele fala é sobre ela não ser nenhum prêmio para ser conquistado. Ele a vê como uma pessoa de carne e osso, com vontades e desejos. Para o namoro acontecer, ela também tem que querer e decidir. Não está só nas mãos dele. Nessa hora ele mostrou muita maturidade e sensatez. Claro, ele é o Do Contra, então é normal que se comporte diferente dos outros rapazes da revista.

Não faz sentido querermos ficar com uma pessoa só para mudá-la em tudo. Não seria melhor procurarmos alguém que tenha mais a ver com o que queremos?

Só que há uma inconsistência nessa história. Na Ed. 36 ele deixou bem claro que queria conquistar a Mônica primeiro antes de pensar em namoro. Ou ele amadureceu durante esse tempo, ou então temos uma pequena contradição aí. Se bem que ele é todo contrariado, então deixa quieto.

Finalmente os dois se encontram. Não foi exatamente como esperávamos, mas vá lá. Eles precisavam mesmo conversar, né? Só que sem toda a galera em cima botando pressão. Essa parte deles tentando fugir do shopping foi um bom alívio cômico para toda a tensão que tinha se formado. Especialmente quando eles tentam andar bem de levinho para não chamar a atenção da Dorinha. Foi hilário!

Quando finalmente puderam conversar, vemos como a Mônica estava nervosa por achar que devia uma satisfação, mas ele a tranqüilizou dizendo que estava disposto a esperar, pois sabia que ela tinha gostado de outra pessoa a vida inteira e esse tipo de coisa não se desfaz da noite para o dia.

Ele quer sim uma chance e deixou isso bem claro, mostrando também que estava disposto a se esforçar para fazer dar certo. Mas por saber da história dela com o Cebola, decidiu ser paciente para que ela não fizesse tudo precipitado. E ele estava certo com isso, pois para ficar com ele, tinha que ser de coração.

Enquanto eles estavam curtindo um momento fofo, o Cebola aparece espiando por detrás de uma árvore, que nem tinha feito na Ed. 36. É aí que começamos a ver o que ele sente ao ver os dois juntos, porque se sentiu mal ao vê-los abraçados e principalmente como a Mônica parecia tranqüila e em paz nos braços de outro rapaz. Bem... com ele as coisas sempre foram na base do estresse, das brigas, angustia e ansiedade, então não sei se podemos esperar que a Mônica se sentisse em paz com ele.

Sabe, existem várias formas de amar e mostrar esse sentimento. Nem sempre precisa ser essa coisa neurótica e angustiante que muitos acreditam. Uma pessoa pode muito bem trocar um amor arrebatador e intenso, mas cheio de neuroses, por outro não tão intenso assim, mas que dê paz de espírito e tranqüilidade. Eu, particularmente, prefiro a paz de espírito.

É aí que ele realmente afunda no estado de negação, porque se recusa a enxergar o que estava acontecendo de verdade. Mesmo se sentindo ferido por ver os dois juntos, e realmente deve doer demais ver alguém que gostamos feliz com outra pessoa, ele insistiu em achar que tudo era um plano.

Agora, vemos o próximo estágio, que é o da barganha. Ele acreditou que tudo era um plano para a Mônica fazê-lo correr atrás dela, então na cabeça dele, se mostrasse indiferença, ela deixaria o plano de lado e correria atrás dele. Entendem? É tipo uma barganha, negociação. Nessa fase, a pessoa acha que se fizer algo e negociar, os fatos mudarão. Foi o que ele tentou ao fingir que não estava se importando e até falou aquele monte de coisas.

Ela tentou conversar com ele, se entender e ver se ainda tinha jeito de eles se acertarem. Mas como estava totalmente iludido, ele não enxergou isso e acabou falando um monte de... de... titica. Tudo mentira, como ele mesmo deixou claro, mas obviamente a Mônica não sabia disso e acabou tomando uma decisão: ficar com o DC.

Quando a viu indo embora com seu rival, ele voltou ao estado de negação, que não durou muito quando Magali apareceu, esclareceu tudo e ainda deu mais um banho de realidade nele.

E tudo o que ela disse era mesmo verdade, especialmente que ele não estava fazendo bem para a Mônica e que ela merecia coisa melhor. Aí ele cai na real e vê o tamanho da titica que fez. Só que aí é tarde e a história termina com ele caindo no estágio da depressão dizendo que perdeu a Mônica para sempre. 
 
A última fase é a da aceitação, quando a pessoa se conforma com o que aconteceu e passa a agir de forma mais positiva. Só que essa ainda pode demorar bastante. Nas próximas edições, o Cebola pode continuar oscilando entre a raiva e a depressão, fazer mais cebolices, talvez arrumar outra garota para se vingar da Mônica... tudo pode acontecer.

Well, não vou negar que a história foi... emocionante. Claro que eu prefiro sagas cheias de aventura, ação e bons vilões, mas essa história também foi boa dentro do que se propôs: fazer com que a Mônica desistisse do Cebola e partisse para outra. E estava mais do que na hora de ela acordar, tomar vergonha na cara e desencanar dele.

Não vou negar que até senti um tantinho assim de pena dele, mas não durou muito porque lembrei que ele estava apenas colhendo o que plantou.

O fala Maurício pergunta em certo ponto se existe vida após a morte de um amor. Será que ele também vai desistir dela? Vai arrumar outra namorada? Como a Mônica vai ficar se isso acontecer? Sim, porque ao se libertar, ela também o libertou. Então, se ele aparecer com outra menina, ela não poderá reclamar de nada e espero que a Petra não cometa a heresia de deixá-la sofrendo, chorando e quase se matando caso isso aconteça. Um pouco de dignidade não faz mal a ninguém.

E falando em dignidade, só espero que ela também não faça a Mônica correr atrás do Cebola novamente e se humilhar para tê-lo de volta. Ela correu atrás dele a vida toda, se esforçou para que as coisas dessem certo e fez o que pode. Agora, acho que está na hora de ele se esforçar um pouquinho mais, né? Não é justo deixar tudo nas costas de uma pessoa só enquanto a outra não faz nada.

Agora vamos aguardar as próximas edições para ver o que acontece. Não sei se vocês notaram, mas a Mônica e o DC não terminaram a revista namorando. Ele pediu a Mônica que pensasse no assunto, mas não a pediu em namoro. Então o caso deles ainda não está fechado e muita coisa pode acontecer.

Agora falta entrar em contagem regressiva. Sim, porque nós sabemos muito bem que isso tem data de validade, embora indefinida. Isso não vai durar e é bem capaz que eles nem cheguem a namorar. Aí vai ser o fim do mundo, né? A Mônica não namora o DC, mas o Cebola aparece namorando outra garota enquanto ela fica sofrendo, chorando e se arrastando para ele. Tomara que a Petra nos surpreenda e não faça isso.

Quer dizer, o Cebola perdeu a Mônica porque foi um idiota, então não é se comportando como um idiota que ele irá tê-la de volta. Tomara que ele comece a amadurecer nas próximas edições e não o contrário. Ou será que ele ainda vai fazer muito mais cebolices no futuro? Sei lá, não sei se consigo esperar coisa boa desse personagem.Quer dizer, ele poderia ter resolvido tudo com um simples "me desculpe" e "eu te amo", mas preferiu jogar titica no ventilador, então paciência.

Hoje tem duas imagens e vários pngs para vocês. Divirtam-se!



Se quiserem ouvir outra opinião, tem esse vídeo:



69 comentários:

  1. Video tbm saiu hoje malagueta vlw e te mais sua critica foi Fod4
    https://www.youtube.com/watch?v=H49d1dgBvHM

    ResponderExcluir
  2. Concordo com tudo que disse, acho que essa edição foi para mostrar o que os fãs estavam pensando sobre o relacionamento desses dois e gostei da atuação da Magali e da Denise, foram as pessoas mais importantes para a felicidade da Mônica. E acho que o DC vai parar de contrariar em relação a Mônica, tipo aquela parte em que o Toni diz que ele tinha que desistir da Mônica e ele disse "Sou Contra!".

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Sobre a edição, eu ainda não li (Sou assinante, mas eu vou cancelar pois não vejo benefício algum).
    Lendo a prévia, quase aplaudi as palavras sábias do Cascão.
    Só falta mesmo a Irene aparecer, aí sim que a coisa ia esquentar.

    ResponderExcluir
  5. Concordo sobre grande parte, Mallagueta.
    Confesso que sempre quis Mônica e Do Contra juntos, mas também aceitei (desde a edição 34 já caiu a ficha) que isso não vai durar muito. Bom, aproveitar enquanto podemos!
    Está realmente escrito que a Mônica vai ficar com o Cebola. Não importa quantas mancadas ele dê, quantas vezes eles briguem e coisa e tal... infelizmente, os dois estão realmente "prometidos" um ao outro. Realmente frustrante, mas bem lá no fundo do poço, bem no fundo mesmo, acredito que, talvez, Cebola crie juízo. Talvez, e num futuro distante.
    Também conhecia a teoria da Elisabeth e devo admitir que Cebola realmente passou por fases dessa teoria.
    Mas o que me deixou realmente com esperanças de que um dia Cebola tome o devido juízo, foi quando ele realmente chegou na etapa de aceitação, quando ele admite que "Perdeu a Mônica para sempre!", achei digna essa aceitação do cinco fios, mesmo com todos nós sabendo que Mônica e Cebola é um "casalzinho prometido".
    E sobre o DC, acho que foi amadurecimento. As pessoas amadurecem, e até mesmo o contrariador pode amadurecer e mudar algumas opiniões. Os png's estão magníficos e vou conferir a opinião em vídeo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, acho que ele ainda não chegou a etapa da aceitação. O que me pareceu na ultima página foi depressão ao ver que tinha realmente perdido a monica. Pode ser que a aceitação venha no futuro, quando ele admitir as mancadas que deu. Mas acho que vai demorar um bocado.

      Excluir
  6. Realmente, tudo o que voce falou é verdade. Eu já esperava aquele final. Bom, não o final que diz respeito ao Cebola e seu fim, mas o final que diz respeito a Monica que escolhera Do Contra.

    Confesso que não dei pulos de alegria por a Monica escolher o DC, mas o Cebola estava mesmo precisando disso. Ele fez muita burrice, muita mesmo. Precisava aprender que não se planta cravo querendo colher rosas. Mas, contrariando um pouco, não torço pelo casal final. Eu espero que o Cebola sofra, sim, sofra pra poder pagar todas as burradas que ele fez. Mas torço para que no final (e eu sei e todos sabem) o casal classico permaneça. Sei que isto não agrada a todos, mas cada um tem seu gosto. Não sou de defender as burradas do Cebola nem arrumar desculpa para o que ele faz. Mas devemos concordar que mesmo com tudo o que ele faz, ele ama a Monica.

    Em relação a Monica e DC, eu espero que eles namorem um pouco. É, eu sei que é meio estranho meu pensamento, mas tem uma certa logica. Por que se a Monica não for ficar com o DC, ela tem que entender e sentir isso. E isso vale para o DC tambem. Então a melhor forma de isso resolver é com um namoro. Talvez o relacionamento não seja um mar de rosas como esperam. Todos nós sabemos que o DC, apesar de muito romantico, sincero, gentil (confesso que ele é tudo isso), tambem é complicado, não tanto quanto as complicaçoes do Cebola, mas é. Talvez ele goste de tudo que ira acontecer, talvez o relacionamento não seja o que ele espera. Só lendo para saber.

    Falando um pouco sobre a capa da tmj 70, eu esperava uma foto diferente. O rosto da Monica não esboça nenhum traço de que aquela cara fechada seja ironica, como a de DC. Não vou citar o que eu acho que vai acontecer por que palpites é seu departamento.

    Mas uma vez Mallagueta, sua critica esta totalmente em harmonia com o que esta acontecendo. Eu acho que a historia estava otima, e a sua critica perfeita. Meus parabens!

    ResponderExcluir
  7. Bom, quando acabei de ler essa edição, me lembrei da música de Gilberto Gil que diz assim: "quem poderá fazer aquele amor morrer, se o amor é como um grão, morre, nasce trigo, vive,morre pão."Essa música fala de um amor que morre para renascer de outra forma.
    Eu não sei quanto tempo vai durar esse namoro da Mônica com o DC (se é que estão namorando mesmo), aliás, pela capa da próxima edição, muita gente está achando que eles já vão terminar o namoro. Mas eu acho que eles poderão viver uma relação muito legal, em que um aprenderão muito um com o outro.
    E mesmo que o namoro acabe logo (ou nem comece) eu tbm ficaria indignada se a Mônica voltasse a esperar e se descabelar por causa do Cebola. Isso seria, no mínimo, RIDÍCULO. Espero que a Petra não nos decepcione.
    E no dia que o Cebola e a Mônica voltarem a namorar, creio que estarão mais maduros e seguros dos sentimentos um pelo outro.Mas, para isso, o Cebola terá que cair na real e amadurecer, porém, nesse ponto,eu concordo com vc, que isso não vai acontecer tão cedo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sim, mais uma vez, parabéns pela sua crítica, muito 10.

      Excluir
    2. Talvez seja essa a intenção dela, deixá-los separados por um tempo pra que amadureçam. Isso tb ajuda a enrolar um pouco a reconciliação deles.

      Excluir
    3. Não é a Petra q decide quanto tempo eles vão namorar. Ou se eles vão se separar. E se a Mônica vai querer voltar pro Cebola. Essa decisão é da MSP. A Petra escreve o q mandam ela escrever.

      Excluir
    4. Tanto faz. Agora, sobre a questão do amadurecimento dos personagens, eu li isso no proprio twitter da Petra, numa resposta que ela me deu quando a parabenizei por ter feito a monica desistir do cebola.

      Ela mesma falou que isso é necessário pro amadurecimento deles.

      Excluir
  8. SERIO EU ESTOU AMANDO TMJ AGORA. cara eu não sou como essas que falam '' ah, eu shippo a monica com o dc mas eu sei que no final eles não vão ficar juntos'' meu, como assim? só por que os dois são protagonistas, porque existem mais pessoas que querem que o naturo fique com a hinata do que com a sakura ( que é a protagonista assim como ele, e foi quem ele amou a vida inteira dele) mesmo a hinata sendo secundaria e mal aparece no manga/anime. Ninguem é predestinado a ninguem, não existe varinha magica que diz se você pertence ou não a outra pessoa.
    Pelo que eu vi, MUITOS fãs querem que a Mônica fique com o dc mas estamos todos desanimados porque as pessoas poem na nossa cabeça que é algo passageiro, que não vai durar. Eles eram AMIGOS desde criança e não vejo por que não podem continuar sendo, que disse que não existe amizade entre homem e mulher, quem disse que o homem tem que querer comer a amiga, parem todos vocês com essa machismo. vcs querem que um casal fique junto mas não acreditam no seu proprio casal, eu sinto pena de vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho a amizade monica e cebola muito mais bonita do que esse machismo todo de que eles tem que namorar porque deus quis assim, porque eles foram feitos para ser assim, esse team dc que quer mas não acredita, vao todos vcs a merda eu vou ficar aqui shippando mo e dc e ninguem vai me fazer desistir deles

      Excluir
    2. Minha filha, não é questão de acreditar. Acontece que a grande maioria dos fãs querem monica e cebola. E são esses fãs que fazem o dinheiro entrar na conta bancária do maurício. Logo, eles não são doidos de irem contra esses fãs porque sabem que se colocarem a monica definitivamente com outro rapaz, eles vão parar de ler as revistas.

      Sim, eu concordo com vc que ninguem é predestinado a ninguem, não acredito em alma gemea, destino e outras baboseiras. Também não acho que o fato de o DC ser secundário deveria ser impedimento pra ele ficar com a Monica. Mas a grande maioria dos fãs pensam diferente e é essa maioria que compra as revistas.

      Eles são apegados a monica e cebola, não vão abrir mão disso mesmo que ele faça as maiores burradas do mundo, magoe a monica, faça mal a ela, beije o bairro inteiro, mate os pais dela, coloque fogo na casa, etc. Mesmo que ele faça isso tudo, as ceboletes ainda continuarão apoiando e querendo que ele fique com a monica de qualquer jeito.

      Só nos resta conformar.

      Excluir
    3. acho que o mauricio deveria criar um historia propria para a turma da monica então ninguem pararia de ler as ediçoes so por que o seu casal não esta mais junto ou so porque o casal não vai durar. Não são apenas as team cebola que compram as ediçoes, tipo eu, eu costumava ler online na gibiteca as ediçoes mas quando a mo e o dc começaram a namorar eu voltei a comprar as ediçoes. E eu não acho q as pessoas parariam de comprar, até porque as pessoas querem ver não apenas o seu casal mas sim a historia, e os team cebola não são a maioria, digo as pessoas que não acompanham o gibi concerteza preferem o cebola porque a historia dos dois é no minimo ''bonitinha'' mas as que acompanham são team dc... não sei eu já me conformei a muito tempo que os leitores de tmj são crianças com menos de 10 anos, inocentes que não entendem nada sobre relacionamentos e sobre a vida

      Excluir
  9. Mallagueta, no início da sua crítica eu estava até alegre, até que chegou um momento que eu não gostei.Não me lembro qual foi a parte, mas não gostei mesmo.Essa edição foi muito emocionante e decepcionante para as ceboletes( como eu), ficamos com muita raiva das idiotices do Cebola, mas mesmo ele com os seus defeitos, sentir pena dele.Quase chorei no final da revista.A Magali, achei ela muito diferente e sentir ódio dela.O comportamento dela foi super diferente, me deixou de queixo caído.Já o caso do DC e da Mônica, fiquei muito surpresa sobre o abraço deles pois tem uma foto da Mônica e o Cebola se abraçando daquela mesma forma só que os traços dela deixa a mais confiante ,mais carinhosa.Procure no google que você vai achar.
    Agora, tem uma coisa que eu não me conformo de jeito nenhum, na verdade são duas:
    1-Não me conformei ainda com o final da história, todos nós, tantos Cebônicas e DoCônicas ,sabemos que o DC e a Mônica, não estão namorando, mas provavelmente ficando.Afinal, no final da história, até no meio dela não ocorreu nada de pedido de namoro entre ninguém da história( como fala no vídeo).Não é que eu preferia que a Môncia ficasse com o Cebola, mas sim sozinha até ela se decidir e se conformar.Um dos seus defeitos também é isso, "decisão".Ás vezes, ela não sabe de verdade o que quer e vai por impulso, tipo por sorte .Da para perceber que ela ainda não "encontrou" sua própria confiança.
    2-A TMJ está ficando meio que "perdida", ou seja, meio embaralhada.Se você perceber , nas histórias de outros roteiristas,o Cebola não se age por ego próprio, nem fica egoísta.Fica legal, bondoso, carinhoso.Sem irritação nenhuma.Mas nas histórias da Petra Leão, ele fica egoísta,egocêntrico, raivoso, irônico.A MSP deveria de uma vez, arruma a TMJ. Eles deveriam já ter o perfil de cada personagem, como cada um deve agir nas histórias.Mas a Petra parece que só ver o ódio no Cebola, parece que ela quer descontar alguma mágoa do passado em um personagem de histórias de quadrinhos.Não gosto da roteirista Petra, as histórias dela confundem a minha cabeça, e a dos outros fãs.Principalmente as revista.Em uma edição também, a Mônica fica um pouco super irritada mesmo, um pouco diferente do que ela é.O Do Contra, age meio estranho( estranhoo) e a Magali não age mais como uma menina calma e doce que sabe o que é melhor para os outros.
    Além do mais, a opinião que eu gostei mesmo na revista, foi a da Carmem.Pela primeira vez eu acho super boa!Já a do Titi, ele está muito machista.Olha que ele é o mais "pegador" e "xavecador" da revista, mil vezes( quero dizer, nem tanto assim) do que o Cebola.O Cebola, não querendo falar que ele é bonzão em tudo, mas ele já xavecou sim muitas garotas, mas só não ficou com elas por que sabe que gosta da Mônica, mesmo esse gosto está em 3 ou 2 lugar, ele ainda sabe.E como eu digo, ele só beijou a Penha e ficou do lado dela, para não ver sua amada ir para a cadeia.Vocês deveriam se conformar e analisar direito isso.É como eu vi em um filme" não critica as pessoa pela sua aparência, como seu criticam um livro pela capa, mas sim pelo seus atos"O Cebola pode ter sim os seus defeitos, de egoísta e ser egocêntrico, mas por acaso vocês já olharam as coisas boas que ele fez?Não, acho que não,todos só sabem criticar as pessoas pelos atos ruins dela.
    Por que vocês também não criticam a Mônica, todos nós sabemos que ela também tem defeitos, mas todos tem.Igualmente o Cebola.Não quero defender ninguém , apenas refletir.
    E mais uma coisa, a Magali falou algo certo: A Mônica sempre perdoa o Cebola.Na edição 61 comprova, ela nunca deixa de perdoar alguém.
    Ah, e uma coisa ( novamente :P) , o que tem a ver a próxima edição com esse trauma e decisões das novas edições da TMJ?PelamordeDeusMSP!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez vc não tenha gostado da crítica porque no fundo, ela diz verdades que as ceboletes não gostam de ouvir. Foi mal, Hanna, respeito seu direito de gostar do Cebola e não quero te fazer mudar de opinião. Mas temos que ser racionais: do jeito que ele tem se comportado ultimamente, é impossível qualquer garota ficar com ele.

      Não adianta nada o cara aprontar, pisar na bola, xavecar outras garotas, etc. e depois vir com esse papo de "eu te amo". Lembra certa vez, quando eu era criança, de uma mulher falando que o marido galinhava a noite inteira, chegava bebado em casa e ainda metia a mão na cara dela quando ela reclamava. Mas depois ela justificava o comportamento dele dizendo que apesar de tudo, ele era bom marido e colocava as coisas dentro de casa.

      É basicamente isso que vcs estão fazendo ao justificar as mancadas do Cebola com "mas ele a ama". Amor se mostra com atitudes, minha filha. Não basta sentir, tem que mostrar. Agora, se o cara faz a garota sofrer, então de que adianta essa porcaria de amor?

      O que a Magali falou com o Cebola está mais do que certo: ele não estava fazendo bem a Monica. A realidade é essa.

      Excluir
    2. Eu não achei que a Magali mudou. Ela continuou sensata como sempre, dando bons conselhos e mandando a real. Ela só se comportou de maneira estranha no início da revista porque estava usando de psicologia reversa com a Monica.

      Por que falamos dos defeitos do Cebola? Porque dos defeitos da Monica todos já falam na revista, repetindo ad nauseam como ela é esquentada, teimosa, isso e aquilo. Ele mesmo já falou que ninguem tem mais defeitos do que ela, mas não presta atenção aos proprios defeitos.

      E os atos do Cebola até agora só fizeram a monica sofrer. Triste verdade, mas é a verdade.

      Eu tb pensava que a Petra odiasse o Cebola, mas agora vejo que a intenção dela é fazer o personagem evoluir e amadurecer aos poucos. É uma forma de enrolar a reconciliação deles. No início da revista, o Cebola parecia estar amadurecendo muito rápido, o que poderia forçar o namoro deles antes da hora.

      Como vc já deve saber, é essa eterna enrolação que faz vender revistas, então enquanto eles puderem enrolar, vão fazer isso.

      Nota: a opinião da carmem foi totalmente sem noção a meu ver. A monica não é inconstante, não fica pulando de rapaz em rapaz sem tomar uma decisão. Inconstante é o Cebola, que vive atrás da monica, depois xaveca uma menina, vai atrás da monica de novo, depois xaveca outra menina... isso é ser inconstante.

      Excluir
    3. Só um pequeno vídeo pra vc refletir e entender que "eu te amo" não é desculpa. Não adianta nada o cara fazer um monte de burrada e depois vir com essa conversa mole de "ain, mas eu te amo, mimimi".

      É bem curtinho, não dura nem 3 minutos. https://www.youtube.com/watch?v=8N56UEb3cd4

      Excluir
    4. Mallagueta, só pra reforçar a usa opinião, vou contar uma coisa que aconteceu comigo, quando estava na faixa dos 17-18 anos. Me envolvi com um rapaz, a quem eu amava loucamente. Nos conhecíamos desde crianças, foi o primeiro na minha vida, era muito gentil e carinhoso quando estava comigo, mas, tinha um problema: ele era muito mulherengo.
      Eu sabia disso, mas como ele era muito carinhoso, e devido aos bons momentos que tínhamos juntos, eu não queria "largar o osso", me recusava a enxergar o problema, até um dia, ele apareceu com outra na minha frente, como se eu nem existisse, daí, eu percebi que não valia mais a pena continuar, pois não aguentava mais sofrer pro causa das "galinhagens" dele e rompi o relacionamento.
      Tempos depois, ele veio me procurar, dizendo que tbm me amava, que me queria de volta, mas, eu já não acreditava em mais nada do que ele dizia, e não voltei com ele.
      Só estou dizendo estas coisas porque eu acho que não vale a pena ficar com alguém que só te faz sofrer, e que a gente só é infeliz se a gente quiser, por isso, parabenizo a Petra por essas duas últimas edições, e fico feliz por, finalmente, a Mônica ter aberto os olhos. É como a Aninha disse na edição 54: "alguém que te faz sofrer, é alguém que não vale a pena."
      E quanto à Carmem, quem é ela pra falar da Mônica, se na edição 31, ela mesma disse que namorou outras pessoas?

      Excluir
    5. Enquanto lia seu depoimento, tb pensei exatamente nessa frase da Aninha, que resume tudo muito bem. Até agora o Cebola só tem feito a Monica sofrer. Então de que adianta ele amá-la e blábláblá sendo que as atitudes dele mostram o contrário? No fim, o que valem são as atitudes.

      Excluir
    6. Hanna não sou contra vc ou as Ceboletes mais me poupe, falar dos defeitos da Mônica? O Cebola ficou falando dos defeitos da Mônica em um monte de edições é claro que ela tem defeitos também porque ninguém é perfeito. Fala sério se a Mônica ficar esperando o Cebola ela vai morrer num asilo só esperando ele. E vc falou que a Carmem tá certa? Logo a Carmem? Pra mim ela não tinha nada do que ter falado sobre a Mônica porque ela fez a mesma coisa com o Titi.

      Excluir
    7. Sim claro, eu sou Cebolete sim mas nem sempre eu tenho que defender o Cebola, só não entendo por que ás vezes ninguém olha o seu lado?Todos só falam de TeamDCMô e isso está super irritante.Eles não estão namorando, não confirma na revista se eles estão namorando ou não.Só mostra que eles no máximo estão ficando.

      Mallagueta, eu concordo sempre com suas opiniões, só que cada pessoa tem um jeito de entender.Igual a Petra, eu acho que ela não gosta do Cebola de verdade.Eu não vejo a hora deles colocarem sempre DC e Mônica nas capas das revistas , assim os fãs vão enjoar deles dois e vai ser exatamente igual.

      Olha, eu amo escrever histórias, livros.Mas escrevo por prazer, não forçada.A MSP não está mostrando aos fãs que ler e escrever é bom, só querem ganhar dinheiro.Nossa

      Ricardo Santos, olha só: Essas edições não vão adiantar nada, a Mônica e Cebola vão ficar juntos no final.É fato, já está dizendo na edição 50 isso, e o DC vai ficar chateado.Olhem também, o DC só dava elogios para a Mônica, por que ele é do contra.Acham mesmo que se ele gostasse dela iria dar elogios quando criança?Iria xingar ela para poder se declarar, mas não fez isso.Tem uma edição mesmo em que na imaginação da Mônica, eu acho, eles dois se beijam, mas aquele foi o segundo beijo da Môncia, o primeiro beijo dela foi no seu aniversário e com o Cebola.Já está super explicado que eles vão ficar juntos no final

      Tem uma parte na edição 69 que a Mô imagina a Irene e o Cebola juntos, então isso prova que mesmo no final ela tem ido com o DC, ela ainda sabe que no fundo ela gosta do Cebola.Igual ele, isso é ser babaca mesmo, como xaveca outras pessoas gostando de outra.A Mônica sempre voltava para ele no final, agora é a vez dele tentar reconquista-lá!

      Só que é fato para mim, eu ODEIO, em todas as letras, eu ODEIO o DC, mesmo ele sendo gentil com a Mô e tudo mas.Mas não gosto nada nele

      Igual na Petra, não gosto das histórias delas.Ela confunde muito a TMJ , eu não me conformo como eles misturam a personalidade de cada personagem na histórias.Em uma o Cebola está legal divertido, gentil igual em uma cena na edição 51 quando Mônica está triste e ele vai ajudar ela a ficar melhor, mesmo fazendo aquela brincadeira de que ele é o mas inteligente.

      Olha Mallagueta e Ricardo, eu aconselho a vocês escutarem duas músicas que define muito Mô e Cê:
      1-Manu Gavassi-Cicatriz
      2-Manu Gavassi-Segredo

      Escutem ela e imagina só Mônica e Cebola, define eles dois em várias cenas.Eu ainda vou continuar a defender Mônica e Cebola, não importa os defeitos deles dois, mesmo ele ficar xavecando outras meninas e a Mônica não pode?

      Eles deveriam mesmo era lembrar sobre o que passaram na edição 64, sobre a troca de corpos e viver no corpo do outro.E mais uma coisa, eu nunca desisto deles dois!Nunca...

      Excluir
    8. Ah Mallagueta, só uma coisinha.Acesse meu blog e der sua opinião sobre ele.A cada opinião, eu fico mais contente para saber o que melhorar no blog ;)

      paralerem.blogspot.com.br

      Excluir
    9. Vc tá certa sobre o Cebola ele tá ficando bipolar (legal nas do Emerson e chato nas da Petra), mas o Cebola fica mais chato porque o Emerson só tem histórias no fim do ano e olhe lá.

      Excluir
    10. Hannah, isso que vc falou de o namoro dela com o DC não durar e no fim ela ficar com o Cebola já foi dito nesse topico e em outros. Nada de novo. Todos os fãs, mesmo aqueles que estão do lado do DC, já sabem disso de cor e salteado.

      Nós tb sabemos que no fundo ela ainda gosta do Cebola, pois geralmente não se esquece assim de uma hora pra outra alguem que foi importante durante muitos anos. Só que pra tudo tem um limite e chega uma hora em que a pessoa se vê obrigada a renunciar esse sentimento pra não sofrer mais. O Cebola não estava fazendo bem pra ela, então de que adianta esse amor?

      Sabe... as vezes algum homem vem falar que mulher só gosta de cafajeste e eu acho ruim, mas tem hora que eu acabo tendo que concordar, viu? Quer dizer: o Cebola trata mal, enrola, xaveca as outras garotas e vc o adora. O DC Trata bem, não sai dando bola pra tudo quanto é garota por aí, é gentil, incentiva e vc o odeia. Tipo assim... como serão seus relacionamentos quando vc for mais velha? Sei que não é da minha conta, mas talvez fosse bom vc ficar um pouco mais atenta a esse detalhe.

      Eu tb torcia pro Cebola, sabe? Mas chega uma hora em que a razão e o bom senso precisam prevalecer. Eu não gosto de cafajestes, então enquanto ele se comportar como um, não terá minha torcida e nem minha simpatia. Sinto muito, mas eu sou assim.

      Excluir
    11. Eu também torcia pelo Cebola, mas não por esse Cebola mané de hoje, mas sim pelo Cebola das edições antigas.

      Excluir
  10. Concordo com a sua opinião, acrescentando talvez que o DC foi perfeito o tempo todo.
    Eu sou team DC, então não sou imparcial pra falar, mas opiniões nem sempre precisam ser imparciais, não?
    Eu escrevi uma crítica também, mas visto que não sou boa no gênero, postei mais por postar mesmo.

    http://colunadasofia.blogspot.com.br/2014/05/um-novo-topico.html?m=0

    ResponderExcluir
  11. Bom, eu fiquei meio "em choque" com essa edição, sabe, eu não me entendo, não quero ver a Mô se humilhando, longe disso, mais preferia que ela ficasse com o Cebola. Eu não entendo minha opinião, na verdade, teve uma época que preferia o DC, mais mudei de ideia. Na real, essa edição seria perfeita -na minha opinião- se o Cebola tomasse vergonha na cara e ficasse com a Mônica. Nas primeiras edições ele não era o idiota que é agora, mais parece que foi transformado.
    Outra coisa, o Cebola nem sempre enxerga só os defeitos da Mô, lembro que ele falou umas coisas legais na edição "Eu sou você". Bom, eu espero que ele crie juízo logo e fique com a Mô, mais diferentes de umas fãs desesperadas, não quero ver o DC chupando dedo, bem que podiam achar uma garota legal para ele, tem tantas secundárias mau amadas haha.
    Só que, talvez esse ponto de vista meu seja meio bobo, já pelo fato de que o Cebola é meu predileto da TMJ, eu reconheço que ele é um idiota, mais continuo adorando esse idiota. Sei lá, eu meio que perdi a linha depois de ler, fiquei meio decepcionada haha. Mas, admito que foi legal, emocionante, curti, só que já citei minhas preferências U.U

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez o problema seja estarem colocando esse personagem cretino demais só pra adiar seu namoro com a monica. Querem explorar isso ao máximo, até deixar todos os fãs de saco cheio. Aí, quando as vendas despencarem, vão fazer a reconciliação deles.

      Excluir
  12. Mallagueta, tem como me enviar o link da edição?
    Email: thiagodeoli159@gmail.com

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Gostei dessa edição ela realmente me surpreendeu! Esclareceu algumas coisas sobre o que o Cebola pensava. A Mônica está bem e é o Cebola que sofre dessa vez. Nao acho que ele amadureça agora. Que reconheça sim, mas a ponto de mudar por ela ainda nao. Creio que ainda fará mais "cebolices" até lá. Torço pela felicidade de cada um!

    ResponderExcluir
  15. Gostei dessa edição ela realmente me surpreendeu! Esclareceu algumas coisas sobre o que o Cebola pensava. A Mônica está bem e é o Cebola que sofre dessa vez. Nao acho que ele amadureça agora. Que reconheça sim, mas a ponto de mudar por ela ainda nao. Creio que ainda fará mais "cebolices" até lá. Torço pela felicidade de cada um!

    ResponderExcluir
  16. Adoro a TMJ, mas parece que ultimamente ela esta sendo feita só pra meninas, eu quero ver mais aventura e comédia, graças a Deus o Emerson ganhou quatro edições este ano. Mas não posso desmerecer essa HQ que ficou ótima e tenho quase certeza que a próxima vai deixar a desejar porque a premissa é muito fraca, tipo, a Mô e o DC vão ter que cuidar dum bichinho e vão começar a reparar nos defeitos um do outro até rolar uma briga ou coisa assim.

    ResponderExcluir
  17. Mas gente, só porque tem uma edição do casamento de Monica e Cebola, mas isso não quer dizer nada! Aquilo é um dos futuros, não a verdade absoluta! Nunca viram sobre previsão do futuro? xD

    Uma decisão diferente que você toma, muda toda o rumo do suposto "destino", por isso, sou #TeamDc para sempre!

    ResponderExcluir
  18. Eu achei que foi uma ótima decisão da Mônica, se eu fosse ela já teria largado o Cebola há tempos. Deve ser hilário o Cebola depressivo XD

    ResponderExcluir
  19. AMEIII a edição,principalmente a cara do Cebola no final,desculpa pessoal...mas ele merecia.Até fiquei com pena algumas horas,mas ai lembrei do que ele andou aprontando durante tanto tempo e mudei de ideia.Sinceramente quero que a Mô fique com o Dc ou sozinha indo atrás de ser feliz,já pensou que maneiro se a Mônica descobrisse que gosta de coisas diferentes? sei lá,tipo a Aninha,fora que podia dar um up na aparência,mas quem sabe ela não descobre essas coisas ao lado do Dc tbm? paixão normalmente dá uma valorizada na gente quando ficamos felizes,e não era isso que acontecia ao lado do Cebola.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb fiquei com peninha dele por alguns segundos, mas ele fez por merecer.

      Excluir
  20. Eu concordo plenamente com você Mallagueta, o mais importante é que a Mônica seja feliz, seja com quem for. Ela sempre esta pensando em não magoar alguém mais no fim ela sempre acabava magoada. Eu não nego que já fui #Team Cebola, mas depois de vê-lo tantas vezes fazendo nossa dentuçinha sofrer eu larguei ele de mão, não que eu não acredite que ele possa amadurecer, ainda mais desse tranco de te-la perdido por sua própria prepotência em achar que ela nunca iria gostar de outra pessoa, sim agora sou #TeamDc mais acima de tudo eu quero vê-la feliz, seja com quem for nem que seja sozinha, num momento de reflexão para ela decidir com quem ela deveria ficar ou o que ela quer, para não ficar tão centralizado o assunto de ela ter de ficar com alguém.
    Beijos, você esta de parabéns o blog esta mais que perfeito. Se puder dar uma passadinha no meu agradeço:
    http://turmamjovens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que o ideal seria a monica ficar sozinha por um tempo e aprender que não precisa de ter um rapaz ao seu lado pra ser feliz. Acho que ela precisa resolver a propria vida, encontrar outros interesses, focar mais em si mesma.

      Mas infelizmente as pessoas acham que mulher precisa de homem pra ser gente e ter valor, então acho que vamos passar muitas edições vendo a monica se descabelando por causa de algum rapaz, seja o cebola ou o dc. Triste isso.

      Excluir
    2. Ei Mallagueta, embora isso fosse o "ideal", no caso aí da história não funcionaria: o Cebola só sentiria o drama se visse a Mônica com outro cara. A Mônica sozinha seria para ele apenas uma Mônica zangada por enquanto, mas quando passasse a raiva, voltaria tudo às boas.

      Excluir
  21. Oi Mallagueta, tive que me controlar pra não ler a crítica ainda :P
    Por favor, pode me mandar a edição?
    coraliine92@gmail.com

    ResponderExcluir
  22. Imagino q vc SAIBA q todas as decisões sobre os destinos dos personagens são do MAURÍCIO, e não da Petra, né?

    A Petra recebe as diretivas e desenvolve a história da melhor maneira possível... Mas a decisão final NÃO é dela.

    ResponderExcluir
  23. Dito isto, acho q ela faz um EXCELENTE trabalho tendo tão pouca liberdade nas mãos... E talvez vc seja um pouco injusta no direcionamento das suas críticas.

    Criticar o ritmo ou desenvolvimento da trama dentro de uma edição fechada é uma coisa... Isso sim eh responsabilidade do roteirista "da vez". (Ainda q algumas vezes até isso possa ser influenciado por decisões editoriais.)

    Agora reclamar de postura de personagem, decisões de "quem fica com quem", quantas histórias serão de cotidiano e quantas serão sagas... TUDO ISSO eh decisão editorial! Eh o Maurício de Sousa que dá a palavra final. Roteirista nenhum apita.

    Em tempo: se a coisa parece conservadora demais, machista e até mesmo retrógrada, lembre-se de que estamos falando dos estúdios MSP. Na Turma da Mônica ninguém fala "que saco!", todos os protagonistas têm pai e mãe com famílias tradicionais e o único personagem negro se define apenas por ser negro.

    Pense melhor quando for direcionar suas críticas. Lembre-se de como foram as quatro primeiras efições da TMJ e veja o que é hoje. Esses roteiristas estão fazendo milagre para essa revista ser legal. E quem moldou o q a TMJ é hoje, ainda q com todos os altos e baixos, foi justamente a Petra Leão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, todos nós estamos carecas de saber que é o Mauricio quem aprova as histórias. Vc não falou nada de novo.

      Mas a grande maioria das edições atualmente são fechadas, um capítulo só. Logo, a maioria é responsabilidade do roteirista.

      Nem todas minhas criticas vão pro roteirista, muitas vão pra MSP tb. E acho que os leitores tem sim direito de dar suas opiniões sobre as histórias, posturas dos personagens, etc. Afinal, quem é que compra as edições todo mês? Quem é que coloca dinheiro na conta bancária da MSP? Pois é.

      Agora, se todo mundo ficasse só nessa postura de "mas é assim, sempre foi assim", então a raça humana ainda estaria morando em cavernas. Se hoje estamos conversando através de um computador, é porque no passado houveram pessoas que questionaram o status quo e pensaram diferente.

      Logo, criticar é necessário ou as coisas não mudarão nunca. O Maurício já sabe muito bem como os fãs pensam, por isso fez essa mudança de colocar a monica com o dc por um tempo. Logo, ele leva sim as opiniões dos leitores em consideração.

      Se vc leu as primeiras edições, então deve lembrar muito bem de como as histórias eram boas. Será que naquela época o Maurício não examinava nada e passou a olhar só agora? Ou será porque a Petra está se apegando excessivamente a draminhas do quotidiano e esquecendo o que definiu a TMJ no início e atraiu os fãs?

      Não tenho nada contra a Petra, não quero agredi-la ou diminuir seu trabalho. Mas acontece que eu não gostei muito do jeito que ela moldou a TMJ e tem muitos fãs que pensam da mesma forma e sentem falta das sagas e aventuras antigas. Então não é chatice minha.

      E os roteiristas não são tão presos assim quanto vc diz. O Emerson escreveu histórias excelentes e a última teve até um corpo em decomposição, o Cascão sendo atirado por uma janela, etc. Então eles tem sim mais liberdade do que pensamos, embora não seja completa e irrestrita.

      Excluir
    2. Concordo com vcs dois, a Petra poderia ser mais ousada mesmo com as incontáveis restrições do chefe conservacionista. Vale lembrar que as hqs da LuluTeen tem a mesma indicação etária e mesmo assim têm personagens gays e várias cenas com armas e brigas.
      Mas temos que entender que o Maurício só faz esses cortes porque a Turma da Mônica é quase um patrimônio nacional e qualquer coisinha que saia da imagem perfeitinha que ele construiu pode virar polêmica (se lembram do personagem gay na revista da tina?). Portanto mesmo se ele tivesse decidido fazer a Turma da Mônica Adulta nós teríamos que nos contentar com a mesma falta de realismo que vemos na TMJ.

      Excluir
    3. Mas a turma dos gibis não era tão perfeitinha assim. E eles poderiam ir fazendo as mudanças aos poucos. As pessoas esperneiam no início (como aconteceu com a Denise), mas depois se acostumam.

      Nem precisa ousar demais, fazer histórias com mais ação e menos dramas adolescentes já estaria de bom tamanho pra mim.

      Excluir
  24. 1 - Não é ELA q se apega a histórias do cotidiano. Essas histórias são encomendadas. Ela faz a história q mandam ela fazer. Vez por outra ela consegue sugerir algo "ousado", mas a MSP não é nem um pouco aberta a ousadias.

    2 - As 4 primeiras edições são um lixo. A quinta eh "perdida"... Então teve a primeira saga "Brilho de um Pulsar", q eh mt bacana... E só depois disso a revista engrenou e tomou forma. Antes disso tudo era solto e sem continuidade! Adivinha quem entrou na revista?

    3 - Sim, o Emerson é brilhante. Quantas histórias ele fez até hoje mesmo nessas 70 edições? Só pra saber... Acho q eh um pouquinho mais fácil ter liberdade e produzir pérolas sem a pressão de entregar uma história todo mês, a maioria delas sob encomenda.

    4 - A questão da liberdade dos roteiristas não eh quanto aos temas... Drama, violência, terror, suspense, sensualidade, distúrbios alimentares, relacionamentos complicados... Mesmo imagens fortes ou gente seminua já apareceram. O problema é com os PERSONAGENS! Ninguém namora ou deixa de namorar ninguém "porque sim". Nenhum personagem pode ser "reconstruído" ao bel-prazer do roteirista. Um corpo em decomposição pode aparecer, mas nenhum personagem pode xingar! Ninguém faz nada politicamente incorreto. ESSE é o ponto em que a liberdade e ousadia acabam!

    5 - Não tem essa de "fulano podia ousar mais, mesmo commo chefe". Isso NÃO EXISTE! Se vc coloca algo q eles não querem, eles mandam vc mudar. Se vc não muda, eles cortam e pronto. Ou vc acha q o q vc lê é EXATAMENTE o q saiu do Word do roteirista??? O material passa por um monte de revisores antes de ser desenhado! Não seja inocente! (E se o roteirista resolver ser muito revoltadinho, vai pra rua e pronto!)

    6 - Ninguém aqui falou q não se deve criticar... Acho que tem mais é q criticar MESMO!!! Foi graças às criticas q nego na MSP percebeu q a lenga-lenga Mônica/Cebola não tava mais rolando! Q eles entenderam q a edição 50 foi um tiro no pé... (Quem vai torcer por um casal q ja sabe q fica junto?) Só q eles perceberam a cagada... E na edição dos robôs-zumbis, do Cebola no futuro, ele encontra a descendente da Mônica e ela não garante q eles vão mesmo ficar juntos... O casamento é apenas UM dos POSSÍVEIS futuros... Ou seja, a Mônica pode sim ficar com o Do Contra... Ou qq outra pessoa... Ou sozinha... Nada eh confirmado! E eles NÃO TÊM PLANOS pro futuro dela. Esse namoro com o DC pode durar MUITO ainda. Toda essa reviravolta só foi possível por causa das críticas! Críticas são positivas! Por isso devem ser construtivas e direcionadas corretamente.

    7 - O q eu falei eh q as suas críticas são MAL DIRECIONADAS. Apenas isso. Eu li várias... E 100% do q vc reclama dos roteiros eh decisão da MSP. Muitas vezes o roteiro até tenta acrescentar coerência a ideia malucas ou suavizar situações constrangedoras... Apenas direcione a crítica para o lugar certo e provavelmente ela surtirá muito mais efeito, e vc corre menos risco de ofender um profissional q é também uma pessoa, q mts vezes está de mãos atadas e recebe todos os ataques por algo q não é culpa dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só uma pergunta: por acaso vc é a Petra ou convive com ela? Sim, porque do jeito que vc fala, parece conhecer muito bem a rotina dentro da MSP. Não sei se um leitor comum teria condições de falar assim sem conhecer nada do que acontece lá dentro ou ao menos ter trabalhado em uma editora.

      Talvez eu esteja sendo um tanto injusta as vezes, mas geralmente eu nem menciono o nome dela. A maior parte das minhas criticas é direcionada ao roteiro. Agora, quem faz ou aprova os roteiros é outra história, mas eu tenho que falar daquilo que vejo nas revistas já que não tenho condições de saber o que acontece por detrás delas.

      Se vc pesquisar pelo nome dela no meu blog, só vai achar 5 posts onde o nome dela é pronunciado e um deles nem é de crítica. E nesse blog tem cerca 128 posts sobre opiniões, embora nem todos sejam da TMJ. Mas se vc procurar por MSP, vai achar muito mais ocorrencias.

      E se vc acompanha meu blog realmente, deve ter visto criticas minhas contra o conservadorismo da MSP.

      Apesar das criticas serem duras de vez em quando, eu nunca a xinguei, nunca ofendi, sequer falei que o trabalho dela é um lixo ou coisa parecida (mesmo porque eu não acho isso). Então apesar de concordar em parte com o que vc diz, acho que vc exagera um pouco, como se eu estivesse declarando a terceira guerra mundial contra ela.

      Excluir
    2. Agora, vc falou que a questão de liberdade dos roteiristas não é quanto ao tema, mas depois fala que as histórias são encomendadas (e suponho que quem encomenda, escolhe o tema). Tipo assim, eles tem ou não tem liberdade pra escolherem o tema? Seja como for, as histórias já não estão agradando tanto quanto antes e não sou eu quem estou falando isso. São os fãs.

      Vc me chamou de ingenua, mas acontece que sou leitora, apenas isso. Não sei (e nem tenho obrigação de saber) o que se passa na MSP, porque isso não é aberto ao público. O nome que aparece na identificação do roteirista é o dela, não o do Mauríco ou qq outra pessoa. Mas como falei antes, a maior parte das críticas são pros roteiros, não pros roteiristas. É diferente.

      Ingênua é a MSP por achar que vai conseguir prender os leitores pra sempre mostrando só histórias com dramas do quotidiano. Tá assim de gente que já enjoou disso e olhando nos comentários vc vai ver um monte deles.

      Excluir
    3. Só pra exemplificar, esses dois posts tem uma das críticas mais duras e em momento algum eu culpo a petra pelo rumo das histórias.

      Mas, claro, ao criticar a história, eu tb critico o roteiro. Uma coisa não está separada da outra.

      http://tmjdomeujeito.blogspot.com.br/2013/02/tmj54-cheia-de-onda-criticas.html

      http://tmjdomeujeito.blogspot.com.br/2013/02/tmj54-olhando-sob-outro-ponto-de-vista.html

      Excluir
  25. 1 - Sou amiga pessoal dela e de outras pessoas que trabalham (ou trabalharam) na MSP. Acompanho de pertinho o processo de como acontecem as coisas por lá. (E tenho contato com outros roteiristas profissionais. Conheço bem esse universo editorial de quadrinhos.)

    2 - Os roteiristas eventuais, têm liberdade para bolar seus roteiros do zero. Quando aprovados, eles são produzidos, passam pela censura básica da MSP e depois são desenhados. Os roteiristas "fixos" (Petra e Flávio, no caso da TMJ é mais a Petra) ficam com a obrigação de fazer uma história por mês. Eles podem sugerir temas, mas tb são obrigados a fazer as histórias por encomenda. Em geral, quando o negócio é chato mesmo, a ideia eh do estúdio... O "ritmo" da trama tb é decisão do estúdio (a frequencia cotidianoXaventura, por exemplo). Basta dizer q algumas das melhores histórias de aventura foram da Petra... E algumas das mais chatas de cotidiano também. Como isso é possível?

    3 - Eu não chamei vc de ingênua. Eu me referia àquele comentário ali da pessoa q falou q "a Petra devia ousar mesmo passando por cima do chefe". Desculpe se pareceu mal direcionado. O cara tá MALUCO se acha q dá pra passar por cima de um editor e simplesmente publicar o q quiser! XD

    4 - AINDA ACHO q as suas críticas são mal direcionadas. Mesmo sem citar o nome do autor da história, quase sempre fica parecendo q a crítica eh direcionada a ele. Tanto q nos comentários sempre aparece. Não acho q seja um problema pessoal, apenas falta de informação. Por isso mesmo achei importante esclarecer aqui até onde vai a liberdade e o poder de um roteirista dentro de um estúdio mega-conservador e controlador como a MSP.

    5 - Na revista aparece o assim: "Roteiro: Fulano de Tal; Supervisão de Roteiro: Marina Takeda e Sousa, Mauricio de Sousa". Isso quer dizer q a palavra final é de quem?

    6 - Só a título de curiosidade, uma info pessoal: "Cheia de Onda" foi um dos roteiros mais difíceis da vida da Petra. Ela é feminista, então imagine como ela se sentiu quando lhe mandaram fazer "uma história sobre uma piriguete"? (Tudo q ela conseguiu fazer foi suavizar a situação e deixar claro q a personagem era uma vilã por ser mau-caráter e não por ser piriguete... Mas mesmo isso sendo FALADO na história, não adiantou nada... Pq o foco era no "piriguetismo" da menina, e como ela era a vilã, ficou sim parecendo uma crítica à liberdade sexual e ao jeito de se vestir dela.)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fosse minha intenção criticar quem faz o roteiro, teria deixado explícito. Se não fiz isso, é porque a critica é pra história, não pro roteirista.

      Tá, algumas coisas acabaram escapando sobre o roteirista, mas na época eu não tinha condições de saber o que acontece no estúdio. Eu, como qualquer leitor, pensava que o roteirista tinha mais poder sobre as histórias. Não poder absoluto, isso eu sempre soube. Mas não sabia que era TÃO restrito assim.

      Quanto aos comentários, é natural que os leitores pensem que os roteiristas tenham poder de decisão. Qualquer um pensaria isso independente do meu blog.

      Mesmo que alguém supervisione, não mostra claramente que esse alguém cerceie a liberdade do roteirista porque a palavra supervisão não passa a idéia de opressão e limitação. O leitor pode muito bem pensar que essa supervisão é apenas pra não deixar o roteirista passar dos limites ou fazer algo improprio. Ninguem explicou até agora o que isso implica pra quem escreve as histórias.

      Admito que eu pensava que os roteiristas tinham mais poder, mas mesmo assim nunca os desrespeitei nem nas minhas críticas mais duras. Quando menciono conservadorismo, é da MSP, nunca dos roteiristas porque sempre soube que, por exemplo, eles não colocam um personagem homossexual por culpa da direção do estúdio, não por má vontade do roteirista.

      Também sempre soube que não juntam Monica com Cebola porque é a direção quem decide isso pra continuar vendendo revistas. Logo, também não culpo os roteiristas por isso. Se bem que nem faço questão dos dois juntos, pra mim tanto faz.

      Mas obrigada por ter esclarecido sobre o que acontece nos bastidores e a pouca liberdade do roteirista. Nesse caso, tomarei mais cuidado com as críticas futuras pra que sejam direcionadas somente a HISTÒRIA e eventualmente a MSP, mas sem culpar o roteirista de nada.

      Se vc não se importar, talvez eu faça um artigo no blog baseado nos seus posts pra que os outros leitores tb entendam essa limitação e assim não culpem o roteirista. Dessa forma, todos poderão entender que as proximas críticas não serão direcionaads a quem escreve a história.

      Excluir
    2. Oi Andromeda
      Não é bem uma resposta, mas pergunta. Sabe se esse pessoal da MSP dá uma olha em sites como este? Sim, pois vejo aqui as fanfictions e os roteiristas poderiam tirar delas boas inspirações ou até usar as próprias fanfictions...
      Essa seria uma boa forma até de economizar trabalho e fazer os leitores se sentirem mais valorizados. Imagine a massagem de ego: não apenas lemos, como também escrevemos!
      Realmente acho que o trabalho desses roteiristas deveria ser mais aprimorado. Não acho produtivo UM roteirista escreve uma história e outros escrevem outras. Deveria ser mais um trabalho em equipe.
      Isso evitaria pisadas de bola das grandes. A título de exemplo cito a edição TMJ 9 - O príncipe perfeito. Sinceramente não entendi como é que o Toni, que ficou anos afastado, planejando sua vingança contra a Mônica, volta de repente e sabendo de coisas que não deveria saber.
      Como ele sabia que a Carmem é alérgica a salsinha? E pior ainda: como é que a Magali, que conviveu com ela a infância toda NÃO SABIA disso? Para mim isso foi uma falta de incoerência das grandes...

      Um abraço

      Excluir
  26. olha priemiramente do 8.5 nao so proquer quero que a monica e ocebola fiquem juntos mais gente vcs nao acham estrnaho o do contra mal aparecia na historias depois aparecer e ja vem falndo que gosta da monica e bem lembrado ele ate apareceu ne um plano finjindo que gostava da moncia isso tudo pode ser um plano da penha que e ate estrnaho ela surgi a asim a pa de tudo na ediçao 51 e 52 se nao mim engano tambem nas series criadas pelos fans o do contra sempre ficar do lado da penha percebam! e mais na ediçao 30 ele agir quer nem um cebola mais so pro um simples capricho e o cebola nao ele se achar inferio a monic aele quer se igualar nao provar ser o melhor e na ediçao 52 memso ele podia estar do lado da penha e derrotar a penha mais nao ele faz um plano e nao deixar a monica ser presa tambe msotrar a apiiar ela e se comprometer e mais ja perceberam que so nas revista da petra ele e imaturo boboca e indiotas nas primeiras ediçoes memo na ediçao 9 51 52 60 64 e etc ele mostra que gosta d vdd da monica e mais pra mim essa historia de casal monica e dc e so um capricho do do contra se finjindo de bonzinho pra pressional e mais a magali totalmente diferente piro do que a denise se intrometendo sendo dicimulada jogando a monica praticamnete nos braços do do contra e tudo tao bagunçando na tmj saber e ediçao 70 era rpa ser a continuaçao da 69 mais abordar uam coisa bem difernete e essa historias de muitos fans de ousar ja perceberam quer na tv a mairia das coisas so e pra adolecnete nos crianças estamos perdendo espaços pra adultos e adolencete eu to cansada de perde filme de comedia porquer so e pra adolecente ou adulto o brasil e um pais democratico mais na tecnologia nao e nao voçes querem o que nao ia ser justo se as crianças nao pudessem elr tmj so adoleçente se adultos e isso seria injusto eu essa e m,inha opniao e essa coisa de ameaçrem a petra sou contra isso apesar de nao estando assim emio que achando do fans da do casal moncia e cebola como eu estao certos eu asim eu so mim botando no lguar vc esta nervoso ai começan afalr uam cosia sem pensar dereito na internete e tudo e como se voçe tivesse poder ! e mais na ediçoes da petra a moncia sempre e fragil fraca ou covarde e ela nao e asim e decidida pra mim ela nunca gosotu do personagem cebola nas historias dela ele e sempre boboca e indiota daqui a pouco vira bipolar ou some da tmj e o dc toma parte de tudo e virar principal como aconteceu com a monica ! e mais os fans tao tao obececados com os defeitos do cebola e a qualidades do dc que nao ver ao contrario na minah opniao isso tudo e palno ou capricho do dc ou a penha ta envolvida nisso e o dc embarcou afinal estamos falando do do contra nao e ! ele teve a ideia de se increver e inscrever os outros e ele teve a edeia da recompensa e se fez de bonsionho e tudo so rpa consquitar a moncia a final eel mesmo falou que nao gosta de coisas faceis nao ai ja aparce de bondoso e maturo an ediçao 69 e estraho demias acho que inves desse nhenehm do teamedc els davim obeservar bem o defeitos dele tambem nao e ele nao e eprfeitnho ! e mais a moncia tambem na ediçao 64 50 semrpe com o ciume excessivo tentndo madar no cebola na vdd a moncia e simplismente minha personagem rpeferiada mais vamos ver os fatos antes de criticar flar coisa que nao saber muita gente que comentou devia reler varios tmj e depois critcar so acho e amis o cebola deu muitas provas que gosta da moncia mais e o dc deu provas nao ela mal aparecia agora quer aparecer com esse subito interesse com a moncia estrnaho

    ResponderExcluir
  27. cebola e magali ou penha em ? isso pode ser um plano da penha e do do contra afinal ele mal aparecia depois quando apareçe com esse subito interesse com a monica e afinal ele e o do contra amigo do toni sera que depois quando o alvo for o ceola da ediçoes de tmj ele tentar fazer um plano contra monica em sera que vai fazer o romantico quer e o que eu espero gente afinal monica e cebola fazem um otimo par os outros qu ocmentario so falram disso e dakilo sim mais a ediçao 52 ele fez de tudo para monica nao ser presa ate fez um plano secreto com a denise e ediçao 22 34 36 39 que no final ele fal quando ta se transfomando em espirito falr quer ama a monica na ediçoa 64 em voçes so querem ver o defeito e a monica com o ciume possesivo des culpe a monica e minha personagem preferia mais bora analisar o cebola so que fazer plano contra monica que ele nem faz tantos mais afinal ele n quer fazer nada de ruim pra ela n e, ele se achar inferior e quer se igualar .Mais e o do contra sao as inteçoes dele em ? n e estranho ele nunca pertubou a monica por quer ele e o do contra a tabem teve um ediçao de turma da moncia que ele ajudar o cebola em um plano infalivel e vamo combinar ele ta se fazendo de bozinho de mais e a petra sem querer ofender e claro mais ja percebeu que so nas ediçoes dela o cebola e um idiota e babaca ja a do ermeson ele e normal e gente vcs falm da ceboletes e os dceletes em ficam so no blogger comentando falr coisas sem analisar direito como falram da ediçao 52 que eu acho que muita gente devia ler a tmj tudo de novo depois comentar e analisar

    ResponderExcluir
  28. Sem problema, Malagueta. Eu imaginei desde o princípio q não fosse má vontade ou "sacanagem" sua, e sim pq vc simplesmente não sabia. Agradeço a sua boa vontade de conversar aqui nos comentários e peço desculpas se soei agressiva demais. O importante era mesmo informar e espero não ter ofendido ninguém. ^^

    Acho a ideia do post sobre as questões editoriais da MSP excelente! Seria mt informativo pros leitores num todo! :D (Pode contar comigo se precisar de ajuda.)

    Agradeço imensamente a atenção.

    Abraços,

    Aino

    ResponderExcluir
  29. Eu gostei da edição. Pra falar a verdade, sem ser incoveniente eu acho que deveria ter muito acréscimo por aí eles sempre fazem a suspense pra no final terminar como sempre! É idiota aquilo tudo de ir pro DC, eu prefiro a Mônica com o Cebola...por que como a Magali disse : "eu ja me conformei com isso você gosta de sofrer" e isso gente desculpa pela crítica!

    ResponderExcluir
  30. Sou super a favor da Mônica ficar com o DC ao menos algumas edições, a Mônica sempre estava lá sofrendo e o Cebola lá se divertindo, paquerando outras, e até mesmo sentia quedas por outras, mas a Mônica sempre tava lá sendo super fiel e esperando que ele finalmente tomasse uma atitude, pois é incrível, se a Mônica não tomar atitude o Cebola fica lá, e adorei o plano da Magali para juntas estes dois, fico muito feliz, mas achei meio chato uma coisa, vocês poderiam ter aproveitado mais um pouco, seria bem legal se explorassem mais um pouco esses casais, tipo, a Mônica com os garotos, Toni, Cebola, Dc, seria bem legal ver confusão entre eles. e agora quero elogiar, no começo da história não achava os traços tão bons, mas agora, eu digo que eles estão completamente perfeitos, parabéns.

    ResponderExcluir
  31. Minha opinião é a seguinte acho e essa revista a decisão foi o "O",porque mostra que Mônica é fraca, é só um garoto falar para ela que ela é legal e alguém fazer ela de boba que ela muda de opinião certo que o cebolinha fez besteira, e as coisas boas e a revistinha o país das maravilhas e o revistinha conta comigo, para que? nada disso valeu?

    ResponderExcluir
  32. Sua análise foi impecável, Mallagueta. Você é psicóloga ou psiquiatra? Bem, não tenho muito a dizer a história em si, porque gostei. O Cebola estava mesmo merecendo. Ele podia até pensar em um dia derrotar a Mônica, mas enquanto isso deveria tratá-la com o maior carinho e gentileza possível para quem diz que ama. Ser um bom e legal amigo enquanto esperava "vencê-la". Acho que seria mais fácil ele vencer sua criancice e ver que só estava perdendo tempo.

    A cara dele no final ficou igualzinho essa música cuja letra eu coloco abaixo. O eu da canção é feminino, mas o sentimento é o que importa.

    Nothing Compares to You (cantora Sinead O' Connor)
    It's been seven hours and fifteen days
    Since you took your love away
    I go out every night and sleep all day
    Since you took your love away
    Since you've been gone I can do whatever I want
    I can see whomever I choose
    I can eat my dinner in a fancy restaurant
    But nothing, I said nothing can take away these blues

    'Cause nothing compares
    Nothing compares to you

    It's been so lonely without you here
    Like a bird without a song
    Nothing can stop these lonely tears from falling
    Tell me, baby, where did I go wrong?
    I could put my arms around every boy I see

    But they'd only remind me of you
    I went to the doctor and guess what he told me?
    Guess what he told me?
    He said: girl, you better try to have fun
    No matter what you do
    But he's a fool

    'Cause nothing compares
    Nothing compares to you

    All the flowers that you planted, mama
    In the backyard
    All died when you went away
    I know that living with you, baby, was sometimes hard

    But I'm willing to give it another try

    Nothing compares
    Nothing compares to you

    Nothing compares
    Nothing compares to you
    Nothing compares
    Nothing compares to you

    tradução livre:
    Nada Se Compara a Você
    Passaram-se quinze dias e sete horas
    Desde que você me tirou seu amor
    Eu saio todas as noites e durmo o dia inteiro
    Desde que você me tirou seu amor
    Desde que você se foi posso fazer tudo que eu quiser
    Posso decidir a quem escolher
    Posso jantar em um restaurante sofisticado
    Mas nada, eu disse nada, pode me tirar essa tristeza

    Porque nada se compara
    Nada se compara a você

    Tem sido tão solitário sem você aqui
    Como um pássaro sem canto
    Nada pode impedir que caiam essas lágrimas de solidão
    Diga-me meu bem, onde foi que eu errei?
    Poderia passar os braços em volta de todo garoto que visse
    Mas eles só fariam me lembrar de você
    Eu fui ao médico e adivinha o que ele me disse?
    Adivinha o que me disse?
    Ele afirmou: "Garota, é melhor você se divertir
    não importa o que você faça"
    Mas ele é um babaca

    Pois nada se compara
    Nada se compara a você

    Todas as flores que você plantou, mamãe
    no quintal
    Todas morreram quando meu amado se foi
    Eu sei que viver com você, meu bem, foi duro às vezes


    Mas estou disposta a fazer outra tentativa

    Nada se compara
    Nada se compara a você

    Nada se compara
    Nada se compara a você
    Nada se compara
    Nada se compara a você

    ResponderExcluir
  33. Pra quem quiser ouvir a música, aí vai o clipe:
    http://www.youtube.com/watch?v=iUiTQvT0W_0

    ResponderExcluir
  34. Só não entendi por que a Magali fez o Cascão falar com o Cebola. Podia ter sido um plano dela E do Cascão também. Afinal, na ed 34, ele tava dando choques de realidade e rebatendo o que ele dizia (assim como nessa ed), só que do modo cascão, bem descontraído, sem dar bronca. Ficou meio: Cascão só fez isso porque a Magali pediu. Mas eu curti (e muito!) essa edição! :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Digamos que a Magali tem mais cabeça pra pensar nessas coisas. Mas ele não ficou só repetindo como um papagaio. Ele falou tudo do seu jeito, de acordo com a necessidade do momento.

      Excluir
  35. Respeito a opinião de todos,confesso q quase morri de tanta alegria quando li TMJ 69!pois é!sempre amei o DC de paixão,ñ gosto do Cebola ele cometeu muita mancada!caramba!eu ñ tava mais aguentando esse chove ñ molha da monica e o cebola!quero q ele sofra para pagar,pois ele plantou o q colheu.e essa crianssise dele de namorar so depois de derrotar?desculpe cebonicos,desculpe mesmo,mas a Mô merece mais !alguém q a ame como é,alguém q se preocupe com os sentimentos dela,alguem q a respeite de verdade e que seja maduro!Aiiii....q alívio!foi bom desabafar aqui!❤

    ResponderExcluir