A Mônica é mesmo gorda? ~ TMJ do meu jeitoTMJ do Meu Jeito

sábado, 28 de dezembro de 2013

A Mônica é mesmo gorda?




Pode parecer besteira, mas às vezes eu fico meio preocupada quando chamam a Mônica de gorda na revista.

O que me preocupa é dizerem que uma personagem com esse corpo é gorda. Então o que seria magra para eles? Corpo de faquir indiano?

Sei que os outros personagens falam isso por implicância, porque ficou o estigma devido à infância dela. Mas ainda assim me preocupa como deve ficar a cabeça de uma garota que lê essas histórias e vê uma personagem com o corpo da Mônica ser alvo de piadinhas por causa do peso.

Acho que o pessoal da MSP deveria ter um pouco mais de cuidado com isso. Já chega as cobranças que sofremos todos os dias para sermos lindas e perfeitas, não precisamos de mais.

Muitos dizem que basta não ligar e seguir em frente. Quem dera fosse fácil. Não, nem todo mundo consegue. Não é apenas questão de autoestima. É segurança, estrutura emocional para não se importar com as opiniões e julgamentos dos outros. Infelizmente, as mulheres em geral não são criadas para terem essa estrutura. Somos educadas para dar grande importância as opiniões dos outros, especialmente dos homens.

Afinal, mulher solteirona que não arruma ninguém sempre cai no ridículo. Na nossa sociedade, mulher sem homem não é gente. Aquela garota que nunca arruma namorado é sempre vista como esquisitona. Ninguém quer passar por esse tipo de situação. 

É por isso que muitas se desdobram para ter a atenção e aprovação dos homens, porque foram condicionadas para serem assim desde pequenas.

Então lembrando aquela parte em que o Cebola confronta Carmem e Denise, ele pergunta qual é o problema em se achar. O problema é que as mulheres não são educadas para “se achar”. As que “se acham” são vistas como arrogantes, difíceis, chatas, vão ficar solteiras, etc.

Ele também pergunta por que as garotas não se gostam como os rapazes gostam delas. A resposta também é simples: porque os rapazes, em sua maioria, gostam das garotas dentro dos padrões, submissas, que se desdobram para agradá-los. Poucos aguentam uma que seja independente, dona de si mesma e não importa com suas opiniões. Eles ficam totalmente perdidos quando não conseguem dominar a garota.

Muitos até dizem que elas deveriam pelo menos fingir que o homem tem controle da situação, porque massageia o ego deles, é sua natureza, etc. Não estou generalizando, claro, mas em geral eles não suportam um relacionamento igualitário, onde os dois têm a mesma importância.

Nós vivemos numa sociedade machista e contraditória, onde a mulher é criticada por cuidar da aparência e igualmente criticada por não cuidar. Um exemplo bem simples é a depilação. Quando uma mulher reclama disso, falam que ela faz porque quer, ninguém obriga a nada. Mas quando ela resolve não fazer, é taxada de porca, peluda, macaca, etc.

Voltando ao assunto, eu sei que toda mulher é ao menos um pouco encucada com a própria aparência, mas os roteiristas da MSP deveriam ter um certo cuidado ao falar da “gordura” da Mônica. É muito estranho falarem que ela é gorda ou com tendência a engordar e ao mesmo tempo desenhá-la com um corpo dentro dos padrões.

 

20 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Mallagueta, vc fala tanto dos homens, que comecei a achar que sou um bicho de 7 cabecas!!!! xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não quero que se sinta ameaçado ou hostilizado porque em momento algum eu declarei que os homens são inimigos. Acontece que nós vivemos numa sociedade machista e o machismo beneficia os homens, inclusive vc. Sim, Lucas, vc é privilegiado por esse sistema embora não perceba.

      Quer um exemplo simples? Por acaso vc ajuda nas tarefas domesticas? Sua mãe te coloca pra fazer as coisas em casa? Se coloca, vc é exceção, porque geralmente elas não fazem isso com os meninos, mas fazem com as meninas.

      Um dia vc vai perceber que pode ficar com quantas garotas quiser e ser aplaudido por isso, mas uma garota na mesma situação será taxada de vadia.

      Quem recebe os privilégios geralmente não enxerga e quando alguem questiona, acha que é hostilidade e agressão. Mas não é. Não queremos guerra, não queremos ver os homens como inimigos. Se falamos, é porque acreditamos que vcs podem entender e mudar.

      Então não veja meu texto como um ataque e sim como um convite a reflexão. Vc não é um bicho de sete cabeças. É um ser humano sensível, inteligente e capaz de enxergar as coisas.



      Excluir
    2. Mallagueta, imagina sei bem como as mulheres sofrem e tal... E entendi como uma reflexão também, mas oque mais me deixa abalado é que as próprias mulheres são machistas .-.. Dizendo que as mulheres tem que arrumar a casa,lavar roupa e cuidar de seus filhos enquanto os homens pode trabalhar, sair com os amigos entre outras coisas que prefiro nem dizer!!

      Excluir
    3. Pode parecer difícil de entender, no início isso não entrou na minha cabeça de jeito nenhum. Mas na verdade, mulher não é machista. Ela apenas reproduz o machismo como uma forma de amenizar a opressão que sente. Lutar contra esse sistema é difícil e sofrido. Somos hostilizadas, agredidas, xingadas de tudo quanto é nome. Dependendo do país, uma mulher pode ser até agredida e morta.

      Por isso muitas não lutam e tentam se adaptar. Reproduzir o machismo seria pra elas uma forma de tentar sofrer menos. Claro que não funciona, mas elas não enxergam assim.

      Excluir
  3. Eu concordo, acho que eles deviam tomar mais cuidados quando dizem que a Monica é gorda, muitas meninas não tem "o peso ideal" que a sociedade exige, é para elas é mais doloroso ainda, ver que uma personagem de quadrinho, com corpo perfeito é chamada de gorda

    ResponderExcluir
  4. Sinceramente: por que na MSP eles colocam a magreza excessiva como ideal de beleza, enquanto que uma garota, que está dentro dos padrões normais, são taxadas de gordas, sendo que, na realidade, a grande maioria dos homens preferem mulheres que tenham corpo? E isso é até contraditório, sendo que , nas histórias criaram a Maria Mello justamente para fazer um alerta sobre o perigo da anorexia, e, no entanto, o que eu vejo é exatamente ao contrário. Estão dando uma ideia que, se uma garota está no peso ideal e tem formas arredondadas e bem torneadas, está fora dos padrões estéticos e que bonito mesmo é ser magérrima, sem nada na frente e nem atrás. E isso é um perigo! Pois muitas garotas estão morrendo justamente por pensarem dessa forma. Eu, particularmente, acho bonito uma mulher curvilinea, que tenha peito, quadris, coxas proporcionais ao seu corpo, sem nada faltando nem sobrando, pois isso denota saúde( e a Mônica se encaixa nesse perfil). Mais importante que seguir os padrõs impostos pela sociedade, é ter saúde, fazer exercicios, alimentar-se bem, e ser feliz! Independente de vc ser magro ou não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No início, eu achei que eles tinham colocado a Maria Melo pra alertar as garotas sobre os riscos dessa busca pela magreza excessiva, etc. Pensei que fosse um aviso, algo pra educar.

      Mas do jeito que colocam, é como se fosse tudo frescura ou neura da cabeça dela, não um problema mais sério e profundo. Isso também é preocupante.

      Excluir
    2. CORRIGINDO: escrevi "... são taxadas de gordas...", o correto é "...é tachada de gorda."
      esqueci tbm o e de padrões no final

      Excluir
  5. Pra mim, esses esteriótipos ridículos que colocam na TMJ vem da época antiga, bem antiga. O Maurício nasceu em 1935, e pelo que sei, nessa época mulher bonita era mulher magérrima. Como eu pensava antes, o Maurício precisa se atualizar. Não sei como funciona esse sistema todo, mas tudo que os roteiristas escrevem (falo da Petra) vem um pouco da cabeça do Maurício. O Emerson, pelo jeito, não compartilha das mesmas idéias. Ele já sabe o que é que os jovens pensam hoje em dia. Sei lá, espero que não esteja dizendo nada errado, se estiver alguém me corrija. Se alguém concorda, fale o que acha. Esse é o meu ponto de vista. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, os padrões de beleza eram diferentes na época do Maurício. Apreciavam mais as mulheres cheinhas, de quadris largos. Esse padrão de magreza excessiva é coisa recente mesmo. Mas ainda assim concordo com vc, o Maurício precisa mesmo se atualizar.

      Excluir
  6. E nem faz sentido o que os roteiristas da MSP dizem sobre a Mônica ser gorda e baixa tanto na turminha como na tmj, porque todos têm a mesma altura e a mesma estatura física e coisa que também chama a atenção das pessoas é quando o Titi chama a Mônica de dentuça, porque não faz sentido uma pessoa de dentes avantajados chamar outra pessoa com o mesmo tipo de dentes de dentuça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito machismo mesmo, o Titi é um baita de um dentuço, quem ele é pra falar?

      Excluir
    2. Pois é. Eu acho que o Titi deveria dar mais...Segurança a Aninha

      Excluir
    3. Ele não pode dar mais segurança a ela, pois quando vê a própria ex-namorada apenas conversando com outro carinha, já fica bem nervoso. Quando eles namoravam, ela vivia pra ele. Ele, vivia pro próprio umbigo.

      Excluir
  7. Acho que não faz sentido nenhum desanharem ela assim.
    Ou eles fazem ela gordinha, ou magra (mas sem a turma continuar chamando ela de gorda).
    O que acho pior é a própria Mônica as vezes concordar dizendo que está com uns quilinhos a mais mesmo.
    Tipo, o corpo dela é identico ou da magali! Ai, ai, viu.
    Seria muito legal se ela desse uma boa resposta pra turma parar de encher o saco. E fosse um pouquinho mais confiante também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Se a Mônica perder a confiança, qual vai sei a personalidade dela? A Mônica forte é mais legal!

      Excluir
  8. Eu acho que isso é mais porque todas as garotas da TMJ, menos a Isa, tem o mesmo corpo. Até a Maria Mello que devia ser mais magra é igual às outras. Parece que eles não sabem desenhar tipos diferentes. E isso não é so o corpo, também os olhos, o nariz, as lábios, o formato do rosto, as sombrancelhas. A única diferença entre os personagens é o cabelo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é que não saibam desenhar corpos diferentes. Apenas não querem fazer isso pra economizar trabalho. Em outros desenhos, animes, etc. vc vai observar a mesma coisa.

      Excluir
    2. Eu acho que fica melhor desenhando os personagens diferentes, deixa eles mais únicos. Eu sei que anime normalmente é assim, mas fica meio chato quando a única diferença entre os personagens é o cabelo

      Excluir