O mistério de Sofia ~ TMJ do meu jeitoTMJ do Meu Jeito

terça-feira, 27 de outubro de 2015

O mistério de Sofia


Estava olhando os comentários do blog e percebi que o pessoal costuma falar coisas bem interessantes, algumas eu nem tinha notado na história. Sim, sou ruim para perceber detalhes e sutilezas. Especialmente se estiver nas imagens, já que eu foco mais no texto. A primeira é sobre a verdadeira identidade da Sofia:



Pois é. Ela ser ignorada pelos infectados até que tem lá alguma explicação. Lembram quando eu falei do filme Guerra Mundial Z? No filme, os zumbis não atacavam pessoas doentes. Então pode ser que na história aconteça a mesma coisa ou então Sofia esteja vacinada ou seja imune. Talvez ela até seja o paciente 0, não sei.

Mas confesso que não encontro explicação para a passagem do posto de gasolina, onde o atendente pareceu não tê-la visto. Releiam essa parte e vão perceber isso:



Tem outra coisa que eu não tinha reparado no início quando vi o desenho dela. A mãe com asas de anjo eu já tinha visto, conforme falei. Só que eu não tinha reparado na roupa de hospital que ela estava usando. E também não tinha reparado que a criança do meio também usava roupa de hospital igual a da mãe. Outra coisa é que a criança do desenho não parece com a Sofia. Na verdade, tem cabelos de menino, não de menina. Talvez seja o irmão mãos novo dela que também esteja doente. 



As asas de anjo na mulher podem significar que ela já morreu, sobrando apenas o menino. O homem de jaleco pode ser o pai dele tentando encontrar a cura. Porém... tem um pequeno furo aí:

Quando uma criança desenha sua familia, ela geralmente se inclui no desenho. Mas só tem três pessoas nesse desenho. Muitos devem ter pensado que a criança era a Sofia, eu também pensei isso até reparar melhor e ver que a criança tem cabelo de menino. Se fosse a Sofia, o desenho teria aquela franja partida, com duas mechas caindo pelo rosto e o rabo de cavalo no alto da cabeça.

Então tá. Por que a Sofia iria desenhar a família dela sem incluir a si mesma? Então pensei em duas coisas:

1 – O desenho não foi feito por ela. Lembram da parte onde ela fala onde ela fala “eu e o homem de branco”? Por que ela não disse “eu e meu pai”? E por que ela sempre desconversa quando o Chico pergunta sobre os pais dela?
2 – O desenho pode ter sido feito pelo menino, não por ela. Aí vem outra intrigante e instigante pergunta: como o desenho foi parar nas mãos dela?

A alternativa mais fácil é pensar que o menino seria o irmão mais novo dela, que ainda está doente. Talvez seja por isso que ela esteja contando com a ajuda do Chico, para ajudar o homem de branco a salvar o menino. Só que ainda tem algumas peças soltas. Por que ela iria querer salvar o menino?

Como falei antes, se fosse a família dela, ela estaria incluída no desenho também. Mas aparentemente não está porque a criança não parece com ela.

Então quem é a Sofia e por que esforça tanto para ajudar essa família? Porque está sem memória? A tal luz que ela tinha visto era só do farol do carro do Chico ou seria algo mais? Então vem minha teoria maluca:

Lembram quando foi levantada a hipótese de ela ser um fantasma? Pois é. E se ela for mesmo um fantasma? E se ela for, na verdade, a mulher do desenho que foi feita com asas de anjo? Acompanhem.

Era uma vez uma família feliz com um casal e um filho pequeno. Mas a mãe e o filho adoecem e o pai tenta desesperadamente encontrar a cura. Só que a mulher acaba morrendo, sobrando somente o menino. Esse pai trabalha para uma organização poderosa que financia sua pesquisa e ele trabalha para salvar o que restou da família sem saber que na verdade está trabalhando para uma organização bem sinistra. Lembrem do tal olho-que-tudo-vê.

Essa mulher que morreu deve ter chegado no outro lado e visto o perigo que seu marido e filho estavam passando e por isso resolveu voltar para ajudá-los. Só que por ter morrido, sabe lá o que aconteceu, ela deve ter perdido a memória de quem foi em vida, por isso a Sofia só estava lembrando de alguns fragmentos. O desenho que ela carregava na mochila devia ser do filho dela que ela pegou por alguma razão.  

Tá, mas por que ela voltou como uma criança? É um pequeno furo difícil de resolver. Talvez para ter mais facilidade em conseguir ajuda, já que as pessoas tendem a ter mais compaixão por uma criança do que por um adulto. Por outro lado, ficou subtendido que ela estava procurando especificamente pelo Chico e nós sabemos que ele a teria ajudado mesmo sendo adulta.

Talvez ela tenha sido transformada em criança porque perdeu a memória e esqueceu de quem era, não sei. Ou simplesmente não é a mulher do desenho no fim das contas. Talvez a irmã mais velha do menino que morreu antes de ele nascer e por isso o garoto não a incluiu no desenho porque não a conhecia. Ou alguma entidade interessada em proteger a família.

Tudo isso, claro, supondo que ela seja um fantasma. No fim das contas ela pode ser humana mesmo.

Outros leitores também observaram coisas interessantes:




Eu nem tinha percebido o lance de ler de trás para frente. E já tinha esquecido da CBM 23, que eu li meio na pressa e não pude prestar atenção a muitos detalhes. Pelo visto essa tal Savert tem mais mistérios do que aparenta. Quer dizer, na ed. 23 tinha uma criatura trevosa trabalhando para ela, então sabe-se lá o que eles andam escondendo? A ed. 26 tem tudo para não ser só uma história de zumbi (que na verdade nem são zumbis mesmo). 

Outro detalhe que perceberam é que parece ter um errinho no desenho da Sofia:  



Pode ser apenas o volume da blusa, mas realmente ficou estranho. 
Geralmente eu não costumo fazer teorias sobre as histórias do Chico, mas essa foi bem interessante, não acham?


6 comentários:

  1. Adorei o post! Só tinha percebido o "savert" virar "trevas". Agora que entendi porque a rosinha disse que já conhecia aquele nome...

    ResponderExcluir
  2. Eita, savert e trevas, tenso kk. Olha, pode ser viagem, mas... No kardecismo (religião que sigo), as pessoas podem reencarnar de qualquer forma. Tipo, hoje sou uma menina, amanhã se eu morrer e reencarnar, posso ser um menino. Sei lá, existem espíritos mais femininos, que mesmo depois de sair de um corpo masculino, aparecem em forma feminina... Talvez a Sofia possa ser mesmo um fantasma e se desenhado com a aparência do "ex-corpo". Olha, é só uma teoria, até porque não sei se fantasmas podem desenhar (eles não são sólidos até onde sei rsrs). Mals aí, se viajei muito e até pq, não sei ligar muito os fatos hehe xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No lado de lá, acho que o espírito pode assumir a forma de quando era mais jovem ou até criança. Ou então pode crescer caso tenha morrido ainda muito jovem. Eles não são sólidos, mas ainda mantém a forma humana depois que morre.

      Excluir
  3. Já pensou no caso de a Sófia estar infectada?No Resident Evil Revelations 2 têm uma situação muito parecida com essa.

    ResponderExcluir
  4. Mally, você já leu o preview da edição 26?
    Nele, o chefe de pesquisas conta pro Jácomo, Bombeta e Zé Lelé como sucedeu a formação do vírus, e em um dos quadrinhos ele diz "o investidor deu um presente para a minha..." então lagrima e muda de assunto.
    Será que ele queria dizer minha "filha"? Talvez o tal chefe de pesquisas seja o pai da Sofia, quem sabe?
    Ele também diz que das duas pessoas que inicialmente foram infectadas pelo vírus, uma acordou. E a outra? Será que é a Sofia, que acabou morrendo em decorrência do vírus e agora voltou como fantasma para tentar ajudar o pai?
    (Preciso maneirar com as teorias conspiratórias sobre essa edição).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já li a edição e vc acertou mais do que pensa. Mas não vou falar o quê, senão é spoiler.

      Excluir